domingo, 31 de agosto de 2014

Polícia identifica 2 torcedores que cometeram atos racistas contra goleiro Aranha

EM GRÊMIO X SANTOS
Agência Brasil 

Ambos os torcedores identificados eram sócios do Grêmio

Aranha
Goleiro de 33 anos foi chamado de "macaco" por torcedores gremistas
FOTO: DIVULGAÇÃO/ SANTOS FC
A Polícia Civil do Rio Grande do Sul trabalha na identificação dos torcedores acusados de agredir verbalmente o goleiro Aranha, do Santos, na última quarta-feira (27), em partida disputada em Porto Alegre. Até agora, dois torcedores e sócios do Grêmio foram identificados, entre eles a jovem que apareceu em vídeos chamando o atleta de “macaco”. 
Segundo o comissário Sousa, da 4ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre, que coordena as investigações, os torcedores podem ser intimados a depor na próxima semana.
Mais 3 pessoas foram identificadas pelo Grêmio, que já excluiu os 2 sócios de seus quadros. Para ter mais efetividade na investigação, a polícia solicitou as imagens do circuito interno do estádio ao clube, no dia seguinte ao do jogo (28). De acordo com Sousa, até agora, os vídeos não foram entregues aos investigadores. A expectativa é que o inquérito seja concluído em 30 dias.
O comissário destacou que os torcedores identificados são, até agora, suspeitos de crime de injúria. “Ela não é foragida”, destacou, referindo-se à torcedora. Santos não antecipou possíveis penalidades. De acordo com a lei que tipifica o racismo como crime, pessoas condenadas podem, inclusive, ser presas.
A torcedora já foi afastada do trabalho. Ela era funcionária de uma empresa prestadora de serviços a um centro médico.
Para Sousa, primeiro, é preciso identificar qual foi a participação de cada torcedor nos fatos. Tudo “tem que ser provado no inquérito, não pode se provar na imprensa”, alertou, acrescentando que as investigações estão bem encaminhadas e seguem o procedimento padrão da polícia.
Assista ao vídeo em que a torcedora chamaria Aranha de 'macaco':
Grêmio será processado por injúria racial
Na última sexta-feira (29), a Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) informou que processará o Grêmio por injúria racial, já que o clube, conforme o Estatuto do Torcedor e o Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), é responsável também pelos torcedores.
No mesmo dia (29), o clube divulgou nota em que repudia o que classificou como ato de racismo e afirma que busca identificar os torcedores que agrediram o goleiro santista.

Delegacia recebe quatro novas denúncias de estupro

Denúncias foram feitas após prisão de homem acusado de cometer pelo menos sete estupros
O 5º Distrito Policial (DP), na Parangaba, recebeu ontem quatro novas denúncias de estupro. As vítimas e familiares procuraram a Polícia após a divulgação da prisão de um homem acusado de cometer pelo menos sete estupros. Na última quinta-feira, ele foi reconhecido pelas sete vítimas, com idades entre 11 e 34 anos.
Segundo o delegado Renê Almeida, titular do 5º DP, com base em relatos dos denunciantes o agressor tem características semelhantes e agiu de forma parecida aos outros casos, ameaçando as vítimas com uma faca. Porém, a Polícia ainda investiga se trata-se do mesmo homem. “Não temos ainda como afirmar que (os quatro novos casos) têm vinculação com o mesmo autor. Até porque esse rapaz preso foi submetido a reconhecimento (pelas sete vítimas)”, esclarece o delegado.
A delegacia ainda desconhece os bairros onde ocorreram os quatro novos crimes denunciados. Ainda conforme Andrade, dependendo da área, novos inquéritos poderão ser instaurados em outras delegacias. O delegado não soube informar a idade das quatro vítimas. “Ficamos de colher esses dados na segunda-feira (1º)”, disse.
Ontem, três pessoas compareceram ao 5º DP para informar sobre as novas ocorrências (sendo uma vítima de estupro, o pai de uma delas e a mãe de outra denunciante). A quarta denúncia foi recebida por telefone. 
Acusado
Antônio Cláudio Barbosa de Castro, 30 anos, foi preso em cumprimento a mandado de prisão temporária, no último dia 22, no bairro Mondubim. Ele é apontado pela Polícia como autor de sete crimes de estupro, ocorridos na Parangaba, Maraponga e Vila Peri. 
 
Na última quinta-feira, Antônio foi reconhecido pelas vítimas, pessoalmente e por fotografias. O delegado Renê Andrade disse que ao fim do inquérito, deverá representar pela prisão preventiva do acusado. 
Serviço
Para denunciar casos de estupro:
Onde: delegacias da mulher, Dececa (rua Tabelião Fabião, 114, São Gerardo) ou distritos policiais
Telefones: 190 ou 181

sábado, 30 de agosto de 2014

'Maníaco da moto' é suspeito de estuprar nove mulheres em Fortaleza

Na quinta-feira, sete mulheres reconheceram suspeito como estuprador.
Em depoimento, suspeito diz que é confundido com o irmão; polícia nega.

Do G1 CE
Duas pessoas afirmaram nesta sexta-feira (29) terem sido vítimas do “maníaco da moto”, como ficou conhecido o autor de estupros em séries nos Bairros Parangaba, Maraponga e Vila Peri, na periferia de Fortaleza. Antônio Cláudio Barbosa é agora apontado pelo estupro de nove pessoas com idades entre 11 e 24 anos.
“Já tínhamos sete boletins de ocorrência contra ele. Com a repercussão, outras duas vieram prestar depoimento contra ele e dizem ter certeza de que é o mesmo estuprador. É possível que outras mulheres apareçam ao longo das investigações”, diz o delegado Renê Barreira.
A mãe de uma das vítimas afirmou ao delegado que a filha havia sido estuprada em 2013, e havia sido abordada da mesma forma que as demais vítimas alegaram em depoimento. Segundo a Polícia Civil, o “maníaco da moto” dirigia em uma motocicleta vermelha e ameaçava mulheres com uma faca; em seguida as levava a um local ermo. Em alguns casos, segundo o delegado, o estupro ocorria no meio de ruas pouco movimentadas.
“Amanhã devemos ouvir a filha cuja mãe alega o abuso. Se ela o reconhecer, serão nove casos de abusos. Vamos encaminhar ao Ministério Público o inquérito delitivo e esperamos uma punição. As provas são bastante contundentes”, diz o policial.
Em depoimento a Renê Andrade, Antônio Cláudio Barbosa se diz inocente e acusa o irmão dele de praticar os crimes. A versão foi descartada pela Polícia Civil. “Ele afirmou que quem teria praticado os estupros seria um irmão adotivo, um irmão de criação que teria uma aparência muito próxima. Já descartamos essa possibilidade, e, para dirimir qualquer dúvida, estamos fazendo reconhecimento presencial dele, do irmão e das vítimas”, relata o delegado.
Busca pelo acusado
Em depoimento ao delegado nesta sexta, a mãe de uma das vítimas diz que, sempre que ouvia uma notícia de alguém preso por estupro, solicitava que a filha fizesse o reconhecimento. “Segundo o que ela me disse, a filha sempre negava ter sido vítima dos homens que já haviam sido presos. Dessa vez ela garantiu com muita segurança. Aguardamos que ela faça o reconhecimento”, diz Renê Andrade.

Sejus determina o fim das revistas 'vexatórias'

PRESÍDIOS NO CEARÁ

Sejus regulamenta que vistoria seja realizada preferencialmente com scanners, portais de Raio-X e raquetes

Revistas nos presidios
Quatro unidades prisionais localizadas na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) já estão utilizando os scanners corporais
FOTO: HELOSA ARAÚJO
Image-1-Artigo-1690203-1
De acordo com a secretária da Justiça, Mariana Lobo, o objetivo é garantir a integridade física das esposas, mães e irmãs dos presos
FOTO: JOSÉ LEOMAR
Um novo modelo de revistas a visitantes de detentos, custodiados nas unidades prisionais do Ceará, será efetivado até o próximo dia 15 de setembro. Segundo a titular da Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus), Mariana Lobo, através de uma portaria interna, do último dia 21 de agosto, fica regulamentado que as vistorias serão preferencialmente eletrônicas, por meio de scanners de corpo (body scanners), portais de Raios-X e raquetes.
Somente na ausência destes equipamentos, a revista poderá ser feita de forma manual. No entanto, não é mais permitido que seja feito o desnudamento, nem que objetos sejam introduzidos nas partes íntimas dos visitantes. Mariana Lobo lembrou que há cerca de um ano estava pleiteando as mudanças, mas foi necessário que várias adequações fossem feitas, até que a revista eletrônica fosse colocada em prática.
"Nosso intuito é garantir a integridade física das esposas, mães, irmãs, das pessoas que têm seus parentes presos e, muitas vezes, acabam acompanhando a pena inteira fazendo visitas e sendo submetidas a constrangimentos", disse.
Quatro unidades prisionais da Região Metropolitana de Fortaleza já estão utilizando os scanners corporais para permitirem que os visitantes tenham acesso aos detentos. Os equipamentos já foram implantados e estão em uso no Instituto Penal Professor Olavo Oliveira (IPPOO) II, e nas Casas de Privação Provisória de Liberdade (CPPL) II e II, em Itaitinga; e na Unidade Penal de Pacatuba. Domingo (31) está previsto o início do programa também na CPPL de Caucaia.
Já na segunda-feira (1º), deve começar o curso de capacitação dos agentes penitenciários, que participarão dos grupos de revistas da Capital e do Interior. "Uma preocupação muito grande nossa é que essa regulamentação seja uniforme em todo o Estado. Daqui a quinze dias a capacitação deverá ser concluída e todas as unidades penitenciárias do Ceará deverão ter aderido ao novo sistema de revistas", garantiu Mariana.
A secretária salientou que em algumas Cadeias Públicas do Interior pode existir um número muito pequeno de presos. Nestes casos, as vistorias manuais continuarão sendo feitas, mas com algumas regras. "Mesmo para essa revista manual é necessário uma capacitação do agente penitenciário, que irá realizá-la. A portaria que está em vigor não diz como a revista deverá ser feita, mas como ela não pode ser feita. Isto é, garantindo os princípios fundamentais da integridade, da intimidade e da dignidade do visitante".
Nacional
O Conselho Nacional de Política Penal, Criminal e Penitenciária (CNPPCP), que é um órgão vinculado ao Ministério da Justiça, que estabelece a política penitenciária do Brasil como um todo, aprovou na última quinta-feira (28), a proposta de que o modelo implantado no Ceará seja implementado em todo o País. A recomendação foi feita durante uma reunião do conselho, ocorrida na Capital do Estado de Minas Gerais, Belo Horizonte.
A resolução diz ainda que todos que quiserem ingressar em estabelecimentos penitenciários no Brasil deverão ser submetidos a revista, sejam visitantes dos detentos, agentes penitenciários, policiais militares, profissionais de saúde ou funcionários das unidades.
"Criou-se um tabu de que a visita seria a única forma de entrada de ilícitos nos presídios e não é. Não adianta ter um controle rígido de acesso para um setor e não para o outro. O controle será rígido para todos os que quiserem entrar nos presídios e penitenciárias, indistintamente", concluiu Mariana Lobo.
Márcia Feitosa
Repórter

Empresário português é preso em Banabuiú

FLAGRANTE
Uma discussão entre um comerciante e o proprietário de máquinas de bolinhas pula-pula culminou com a prisão do empresário português Mario Sergio Taborda Barata, de 47 anos. Segundo a Polícia, ele foi preso na cidade de Banabuiú, no Sertão Central, a 217Km de Fortaleza.
Apresentando um mandado de busca e apreensão, ele pretendia recolher uma das máquinas que estava instalada no estabelecimento do cliente, que não concordou com a ação. Equipes da Polícia Militar e da Polícia Civil foram acionadas para o local.
O português foi abordado no Centro da cidade, quando seguia num automóvel Corolla. Dentro do veículo foram encontradas duas trouxas de cocaína e a quantia de R$ 479,00. Os policiais também apreenderam uma caminhonete com oito máquinas iguais às encontradas no estabelecimento do comerciante.
Nas investigações, a Polícia constatou também que o mandado de busca e apreensão utilizado pelo português é falso. Segundo o delegado Salviano de Pádua, titular da Delegacia da Polícia Civil de Banabuiú, Mario Barata foi autuado em flagrante delito, pela prática de crime de estelionato e posse de substância entorpecente ilegal.
O mandado falso apresentado pelo português trazia timbre da 10ª Vara Cível de Fortaleza. Na Delegacia, o português alegou ser proprietário das máquinas. Fez uma transação de R$ 45 mil adquirindo 250 unidades, mas foi enganado e estava recolhendo as máquinas no Interior. Ele disse ter recebido o mandado de um advogado. Tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) um processo para extradição do português, acusado no seu país de "burla qualificada", que corresponde ao crime de estelionato no Brasil.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Salário mínimo previsto para 2015 será de R$ 788,06, diz ministra

Valor consta no projeto da Lei Orçamentária entregue pelo governo. 

Ministra do Planejamento levou o projeto ao presidente do Senado.

Priscilla MendesDo G1, em Brasília
A ministra Miriam Belchior entrega ao presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), o projeto de lei orçamentária (Foto: Geraldo Magela / Agência Senado)A ministra Miriam Belchior entrega ao presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), o projeto de lei orçamentária (Foto: Geraldo Magela / Agência Senado)
A ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, anunciou nesta quinta-feira (28) que o Projeto de Lei Orçamentária elaborado pelo governo prevê salário mínimo de R$ 788,06 a partir de 1º de janeiro de 2015. O valor representa um reajuste de 8,8% em relação aos atuais R$ 724.
Belchior fez o anúncio após entregar o projeto da Lei Orçamentária ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Depois de ser entregue ao Congresso, o projeto passa pela análise da Câmara e do Senado e pode sofrer alterações antes de ser aprovado.
Segundo a assessoria da ministra, o impacto do aumento do salário mínimo nas contas públicas, com o pagamento de benefícios, será de R$ 22 bilhões em 2015.
O valor do salário mínimo é calculado com base no percentual de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do ano retrasado mais a reposição da inflação do ano anterior pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).
“O salário mínimo previsto no Orçamento para 2015, a partir de janeiro de 2015, será de R$ 788,06. É a regra que está estabelecida de valorização do salário mínimo”, disse a ministra do Planejamento ao deixar o gabinete do presidente do Senado. O valor é superior àprevisão inicial, de R$ 779,79, divulgada em abril passado.
A auxiliar da presidente Dilma Rousseff disse que as “grandes prioridades” do projeto são as áreas de saúde, educação, combate à pobreza e infraestrutura. O prazo para que o Executivo envie sua previsão de como vai arrecadar e gastar os recursos públicos termina sempre no dia 31 de agosto, conforme determina a lei.
Tramitação no Congresso
A ministra Miriam Belchior pediu ao presidente do Senado uma “análise rápida” da proposta na Casa, de modo que seja aprovada até o final do ano, prazo que não precisa ser cumprido obrigatoriamente pelo Congresso Nacional. Ainda assim, Renan Calheiros confirmou que o parlamento deverá votar o Orçamento até o final do ano, apesar de o Legislativo estar em recesso branco devido ao período eleitoral.
"Esse é o desafio, votar o Orçamento até o final do ano. Vamos certamente ter um ano mais difícil em 2015 e é fundamental que tenhamos orçamento com começo, meio e fim, exequível, para que o país possa retomar a confiança. Vamos ter que otimizar o período que vai do final da eleição até o recesso do final do ano. Mas nós temos que entregar o Orçamento, esse é o dever fundamental do Legislativo", declarou o senador do PMDB após o encontro com a ministra do Planejamento.
“Coloquei toda a equipe do Ministério do Planejamento à disposição do Congresso Nacional para os esclarecimentos necessários, para que o Congresso possa fazer uma análise rápida do Orçamento e possa votá-lo até o final do ano, prazo com o qual o presidente do Senado confirmou que é possível fazer”, declarou Miriam Belchior.
Outros detalhes sobre a proposta orçamentária, segundo Belchior, serão dados durante coletiva de imprensa no Ministério do Planejamento.
O Congresso Nacional ainda não aprovou a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2015, que deveria servir de base para a elaboração pelo Executivo da proposta orçamentária. Deputados e senadores entraram em recesso informal, chamado “recesso branco”, para poderem se dedicar à campanha eleitoral nos seus estados e só deverão retomar as atividades plenas nas casas após o segundo turno, marcado para 26 de outubro.
A Constituição determina que o recesso oficial do Legislativo só poderia ocorrer se os parlamentares aprovassem a LDO até o último dia de trabalho do semestre (neste ano, 17 de julho).

Grupo explode caixas eletrônicos na cidade de Alto Santo, no Ceará

Suspeitos atiraram contra um posto da PM.
Polícia diz que a quadrilha levou o dinheiro de um dos caixas.

Gioras XerezDo G1 CE
Bnado explode Bradesco no interior do Ceará (Foto: Alto Santo é Notícia)Bnado explode Bradesco no interior do Ceará (Foto: Alto Santo é Notícia)
Um grupo armado explodiu, na madrugada desta quinta-feira (28), uma agência bancária do município de Alto Santo, a 230 Km de Fortaleza. De acordo com o Comando de Policiamento do Interior (CPI), os suspeitos, armados com fuzil e pistola, explodiram o banco por volta das 00h30 e agiram com violência contra um posto da Polícia Militar da cidade.
De acordo com a Delegacia Municipal  de Alto Santo (16° Região), o grupo se dividiu em duas equipes. Enquanto parte dos suspeitos atirava contra um posto policial, a outra explodia dois caixas eletrônicos do banco.
Conforme a polícia, o grupo formado por pelo menos oito homens conseguiu levar dinheiro apenas de um dos caixas eletrônicos. Na fuga os suspeitos fugiram em motos e um veículo. A polícia informou que o carro foi encontrado na altura do Km 06, da CE- 138, próximo ao aterro sanitário de Alto Santo.
Equipes do Comando Tático Rural (Cotar) e um efetivo das cidades de  Potiretama, Iracema, Jaguaribara e Limoeiro do Norte estiveram no local realizando buscas com objetivo de prender os suspeitos.
Reincidência
No mês de fevereiro, um grupo explodiu caixas eletrônicos de uma agência bancária de Alto Santo. Os suspeitos armados renderam um grupo de pessoas que estavam próximo à agência bancária, e explodiram um caixa eletrônico.
A Polícia Militar informou na ocasião que todo o dinheiro do caixa foi levado. Os reféns foram liberados e o grupo formado por 15 pessoas fugiu em veículos e motocicletas. Não houve confronto com a Polícia e ninguém ficou ferido.
Um dos carros usados pela quadrilha foi encontrado na estrada que liga o município à cidade deIracema. Conforme a Polícia Militar, o veículo foi roubado na capital. Ninguém foi preso.