Conforme calendário do PIS/PASEP, os pagamentos iniciam em 28 julho e seguem até o dia 16 de março 2017. Segundo o Ministério do Trabalho, o recurso ficará disponível para o trabalhador fazer o saque, até 30 de junho de 2017, prazo final para o recebimento.
Apesar de toda a economia que o governo terá, tendo em vista as novas regras para recebimento do PIS/PASEP, foi feita uma estimativa que o total dos valores repassados aos trabalhadores sejam de R$ 14,8 bilhões e que 22,3 milhões de trabalhadores tenham direito de receber o benefício.
Quem tem alguma dúvida e deseja esclarecimento, além dos telefones do Banco do Brasil (0800-729-0101), no caso do PASEP e do telefone da Caixa Econômica Federal,  0800 726 0207, há um aplicativo no celular chamado Caixa Trabalhador, onde é possível ter mais informações referentes ao PIS.
Quem não tem direito ao PIS
Os menores aprendizes, os trabalhadores domésticos e diretores sem vínculo empregatício, não têm direito a receber o PIS. Essa restrição inclui quem recebe acima de dois salários mínimos mensais, registrados na carteira de trabalho, quem trabalhou menos de um mês no ano base (no caso 2015) e aqueles que possui  menos de 5 anos de cadastro no PIS/ PASEP. Ou seja, mesmo que atendam outras exigências, essas pessoas não têm direito a receber o benefício.
Calendário de pagamento do PIS
Como se fosse um presente de aniversário, os aniversariantes de julho  até  dezembro, recebem o PIS no próprio mês de nascimento, sendo as datas específicas, 28 para nascidos em julho, 18 para os de agosto, 15 para os de setembro, 14 para os de outubro, 21 para os de novembro e 15 para os de dezembro. Agora para quem faz aniversário em janeiro e fevereiro o pagamento do PIS será em 19 de janeiro 2017, para quem sopra velinhas em março e abril receberá em 16 fevereiro 2017, e para quem aniversaria em maio e junho, receberá o PIS em 16 de março 2017.