sexta-feira, 9 de novembro de 2012


Polícia captura grupo acusado de atentado a promotor

Redação Web
Quinze pessoas foram presas e uma adolescente apreendida nesta quinta-feira (8) em Pedra Branca, a 261 km de Fortaleza e Beberibe, a 79 km da Capital. O grupo é acusado de tráfico de drogas, homicídios e de ter envolvimento em um atentado ocorrido em julho contra a residência do promotor de Justiça de Pedra Branca.
De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), foram apreendidos, com o grupo, dois revólveres calibre 38 e 32 e uma pistola 380.
As prisões e a apreensão ocorreram através de uma operação conjunta das polícias civil e militar sob o comando da Coordenadoria de Planejamento Operacional da SSPDS e da Coordenadoria de Inteligência (Coin).
Os acusados foram encaminhados para as delegacias de Beberibe e Pedra Branca.

Prisão
No momento da prisão, um dos suspeitos, Gracias Rodrigues de Moraes, 35 anos, reagiu e efetou um disparo contra a polícia, mas acabou sendo preso.
Investigações
Os trabalhos policiais duraram cerca de quatro meses. Em agosto, foram cerca de 12 horas de operação sem ninguém ter sido preso. Em setembro, os primeiros membros do grupo foram capturados na cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário