terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Bando ataca carro-forte em Aquiraz


DESARTICULADO CRIME ORGANIZADO
Em poucas horas, a Polícia identificou toda a quadrilha e apreendeu R$ 350 mil roubados e as armas dos criminosos
Uma quadrilha interestadual de assaltantes de bancos e carros-fortes foi desarticulada, ontem, na Grande Fortaleza, durante uma megaoperação que envolveu as polícias Civil e Militar e a Coordenadoria de Inteligência (Coin) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). O bando foi descoberto depois de roubar um malote da agência do Banco do Brasil de Aquiraz (32Km da Capital) contendo R$ 350 mil. O grupo atacou um carro-forte no momento em que este chegava ao banco. Houve tiroteio no local.

O ataque ao carro-forte da empresa Corpvs aconteceu quando os seguranças desembarcavam com um malote contendo mais de R$ 300 mil que iriam abastecer o cofre da agência do BB de Aquiraz e os caixas eletrônicos FOTO: VIVIANE PINHEIRO

Conforme testemunhas do assalto, os criminosos chegaram ao local no momento em que o blindado da empresa de segurança Corpvs parou na porta do banco e os vigilantes desceram com o malote. Todos os criminosos estavam fortemente armados e usavam balaclavas (capuzes). No momento do ataque, os seguranças reagiram, estabelecendo o confronto com os criminosos que, mesmo assim, fugiram levando o dinheiro do BB. Logo, um cerco policial foi montado com dezenas de viaturas do Ronda do Quarteirão, Policiamento Ostensivo Geral (POG) e do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque). No cerco aos criminosos, sob o comando do tenente-coronel Sidney Paiva, do 15ºBPM, a quadrilha fugiu utilizando três veículos, um Polo prata, um Golf preto e um Corsa verde. Logo em seguida, os carros foram abandonados.

Em poder da quadrilha foi apreendido todo o seu armamento; um fuzil americano AR-15, uma escopeta de calibre 12, três pistolas, além de muita munição de reserva. O arsenal foi encaminhado à Delegacia de Roubos e Furtos FOTO: FERNANDO RIBEIRO

Durante a operação, a Polícia descobriu que o bando havia montado seu esconderijo em uma casa de veraneio na Prainha, ainda em Aquiraz. Ali, as equipes da Coin e do Comando do Policiamento da Capital (CPC) e do Policiamento Metropolitano (CPM) apreenderam armas e efetuaram a prisão de dois dos membros do bando.

Os cearenses Wagner Luís Barbosa Cardoso, 20; e Francisco Fabiano Ferreira da Silva, 38, foram detidos. Com eles, a Polícia encontrou parte do arsenal da quadrilha e o malote com todo o dinheiro roubado. Entre as armas apreendidas, um fuzil americano modelo AR-15, de calibre 5.56; uma escopeta calibre 12, três pistolas de calibres 0.40, 9 milímetros e 380. Uma das pistolas pertence ao Exército Brasileiro e outra à Polícia Civil do Estado do Piauí (PI).

Antônio Carlos dos Santos, o ´Tornado´, possui uma longa ficha criminal no Ceará (foragido) Fotos: Divulgação

Também foi apreendida uma vasta quantidade de munição, além dos veículos roubados utilizados na ação.

Identificados

A Coin, junto com a Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) trabalhou nas horas seguintes ao ataque em Aquiraz e conseguiu, ainda na noite passada, identificar todos os demais integrantes do grupo criminoso. Todos são considerados de altíssima periculosidade e já foram presos antes por roubos a bancos e blindados.

José Silvino Vieira Sales, também é componente do grupo que atacou o blindado da Corpvs ontem (foragido)


De acordo com o delegado Romério Moreira de Almeida, titular da DRF, a quadrilha é chefiada pelo assaltante Paulo Ivan Vieira Coutinho. Além dele, também fazem parte do bando os bandidos José Silvino Sales, Antônio Carlos dos Santos, o ´Tornado´; Francisco Gilson Lopes Justino, o ´Gilson Meia-Luz´; e Luciano Batista Viana, o ´Luciano Playboy´. A Polícia identificou, ainda, mais um criminoso como membro da quadrilha, conhecido por "Piauí´.

Conforme as investigações da DRF e da Coin, a quadrilha planejou o assalto ao carro-forte há uma semana. Na última quinta-feira (24), o grupo se reuniu na casa de veraneio, na Prainha, para montar a estratégia. Outra reunião ocorreu na noite de domingo para a distribuição das armas e a divisão de tarefas. Segundo Romério, a quadrilha tinha montado um segundo esconderijo, uma casa próximo à Rodoviária, no Centro de Aquiraz. Os dois bandidos presos foram autuados em flagrante pela delegada Sandra Veras, da DRF.

Francisco Gilson Lopes Justino, o ´Gilson Meia-Luz´ é considerado de altíssima periculosidade (foragido)















Luciano Batista Viana, o ´Luciano Playboy´, tido como um dos mais violentos do grupo (foragido)
















Paulo Ivan Vieira Coutinho, o ´Paulo Ivan´, seria o chefe da quadrilha, conforme a Polícia (foragido)

Nenhum comentário:

Postar um comentário