quinta-feira, 28 de março de 2013

Mulheres são capturadas pela Denarc

Tráfico de entorpecentes

A Delegacia de Narcóticos (Denarc) divulgou, na tarde de ontem, o resultado de várias operações realizadas nos últimos dias na Grande Fortaleza. Durante as recentes ações policiais da Especializada, cinco pessoas foram presas, dentre elas, quatro mulheres, acusadas de tráfico.

Delegado Pedro Viana, titular da Denarc, apresentou, na tarde de ontem, o resultado das ações contra o tráfico na Grande Fortaleza FOTO: KLÉBER GONÇALVES
Na tarde de ontem, Monalisa Sousa da Silva, 19; e Maria Camila Ferreira Boaventura, 19; foram presas na Rua Geraldo Barbosa, no bairro Bom Jardim. Na residência onde elas moravam, a Polícia encontrou um revólver calibre 38, 155 gramas de maconha que estava sendo cortada e embalada, oito papelotes de maconha e 75 pedras de crack.

Segundo a Polícia, as duas assumiram a posse dos entorpecentes e disseram ter comprado a arma por terem sido ameaçadas por um assaltante da área, chamado ´Brás´. Elas foram detidas em flagrante e não resistiram à voz de prisão, pediram apenas para ficar juntas, já que, segundo elas próprias, mantêm um relacionamento desde que tinham dez anos de idade.

 Antônia Meire Gomes de Sousa, 24, foi presa com uma pistola Ponto 40 e drogas em sua casa Maria Camila Ferreira Boaventura, 19, foi denunciada pelos vizinhos e acabou sendo capturada em flagrante delito. Monalisa Sousa da Silva foi presa com a companheira. As duas vendiam drogas e também estavam armadas.Fotos: Divulgação
O delegado titular da Denarc, Pedro Viana, disse que as traficantes não tinham passagens anteriores pela Polícia e seriam encaminhadas à Delegacia de Capturas e Polinter (Decap), onde permanecerão encarceradas.

Outro flagrante foi lavrado ontem na Denarc e mais uma mulher foi acusada de vender drogas. Elisângela Lima do Vale, 30, acabou presa, na Rua Santa Inês, no Pirambu, de posse de sete papelotes de cocaína, R$ 176,00 e 480 frascos de um líquido usado na preparação de crack. Anteontem, Bruno Araújo da Silva, 20, foi capturado na Rua Padre Valdir Medeiros Dantas, no bairro da Gruta, em Aquiraz. Com ele, a Polícia encontrou 20 papelotes de cocaína, um revólver calibre 38 com seis projéteis. Silva, em depoimento, declarou ser servente de pedreiro. A Denarc chegou até ele após denúncias de populares.

No último dia 13 de março, Antônia Meire Gomes Sousa, 24, foi presa na Rua Martins de Carvalho, no Bom Jardim. Com a chegada da Polícia, ela jogou as drogas em um esgoto. Uma pistola, de calibre Ponto 40, foi achada na casa dela.

Pedro Viana ressaltou a importância das apreensões para a contenção de outros crimes. "A apreensão destas armas freia os casos de homicídio, que são críticos nas áreas onde as prisões ocorreram", afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário