sexta-feira, 5 de abril de 2013

Uma empresa no Ceará cumpre a Lei 12 740 e paga o Adicional a seus empregados


A Empresa Ultra Vigilância, do 
Ceará, é mais uma que está cumprindo a Lei 12 740 ao pagar seus 
empregados. No entanto, a imensa 
maioria, não só no Ceará, mas nos 
demais estados se negam em cumprir a Lei. O quinto dia útil de janeiro 
(dia 07/01) já passou e o benefício 
não foi pago.
Diante disso, as entidades estão 
mobilizando as categorias em suas 
bases para buscar o Adicional na 
marra, com luta e até greve.
Geraldo Cunha, presidente do 
Sindicato dos Vigilantes do Ceará, 
informa que a entidade está chamando os vigilantes para uma Assembleia Geral no próximo sábado, 
dia 12/01, para definir as estratégias 
de luta para cobrar da Empresa o 
cumprimento da lei e o pagamento 
do retroativo do benefício, do dia 
10/12, quando a Lei 12 740 foi sancionada, até a presente data.
A diretoria do Sindicato dos Vigilantes de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Rio Bonito e Maricá, (SVNIT) 
está se preparando para realizar 
uma grande assembléia pelo pagamento dos 30% de periculosidade, 
em data a ser definida. Os vigilantes 
do Paraná têm Assembleia dia 10/01 
e promete greve histórica pelo cumprimento da Lei. Outros estados 
como Bahia e Rio Grande do Norte 
estão lutando pelo pagamento dos 
30% do Adicional de Risco de Vida.

Fonte: CNTV

Nenhum comentário:

Postar um comentário