terça-feira, 13 de agosto de 2013

Homem tem cabeça decepada na Zona Rural de Canindé

João Bosco Viana Santos, autor do crime

Um crime bárbaro chamou a atenção da população no final da tarde de segunda-feira (12), quando um homem teve a cabeça decapitada a foice, em baixo de uma ponte. 

O fato aconteceu por volta das 17h30min na comunidade de Boa Vista dos Caúlas, Zona Rural de Canindé. 

A vítima foi identificada como sendo Francisco Antônio de França Almeida, de 44 anos, residente naquela comunidade. O acusado de praticar o crime trata-se de João Bosco Viana Santos, de 34 anos, morador nas proximidades da ponte do Rio Batoque, onde aconteceu o homicídio.

De acordo com o SDPM Oliveira, do Ronda do Quarteirão, o criminoso estava bebendo com a vítima, quando houve um provável desentendimento entre ambos, e de posse de uma foice o acusado decepou a cabeça da vítima e depois a colocou dentro de um saco e saiu mostrando para as pessoas da comunidade. 

Pouco tempo após o crime, o acusado retornou ao local onde estava o corpo, há 300 metros do local onde havia deixado a cabeça da vítima dentro de um saco e ficou se balançando em uma rede. 


Quando a polícia chegou, ele reagiu e foi baleado com um tiro na perna esquerda; foi socorrido ao hospital pelo GSU e conduzido à Delegacia Regional de Canindé, onde foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio.
  
O acusado disse a polícia que havia cometido o crime por quer havia sido roubado pela vítima.

Estiveram participando da operação que prendeu o homicida: o Ronda do Quarteirão, o POG e o Serviço Reservado do 4º BPM de Canindé.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário