segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Operação policial prende sete pessoas envolvidas em assalto, estupro, tráfico e homicídio

BOA VIAGEM 
Uma operação realizada entre policias militares e civis, no município de Boa Viagem, localizado a 221 km de Fortaleza, resultou na prisão de sete pessoas envolvidas com assalto, estupro, tráfico e homicídio. Inicialmente a polícia prendeu quatro pessoas acusadas de assaltos a estabelecimentos comerciais da cidade. De acordo com o Delegado Gregório Neto, titular da Delegacia Municipal de Boa Viagem e coordenador da operação, os presos Arthur de Mesquita Rocha, 20, Felipe de Sousa Ribeiro, 21, Romilson do Nascimento Coutinho, conhecido como “Bicudo”, 21, todos sem antecedentes criminais, e Washington de Sousa Alves, conhecido como “Nem”, 28, que já responde por assalto, são acusados de seis assaltos ocorridos na cidade nos meses de dezembro do ano passado e nas primeiras semanas de janeiro deste ano. 






Segundo o delegado, Felipe de Sousa é agente de endemias na cidade e era o responsável por indicar as vítimas que seriam assaltadas. Já Arthur de Mesquita participava diretamente dos assaltos e os presos Romilson e Washington participavam dando apoio logístico, como aluguel de armas e motocicletas, para a quadrilha. As prisões ocorreram nos bairros Vila Azul, Boa Viaginha, Alto do Motor e Padre Paulo. Todos foram presos por força de mandados de prisão.

Estupro

Dando continuidade a operação, os policias prenderam um agricultor de 55 anos, morador de um assentamento existente nas margens da BR-020, acusado de estuprar duas filhas de 12 e 15 anos. A polícia vinha investigando o fato há uma semana, quando a filha mais velha do acusado procurou o Conselho Tutelar do município de Madalena para denunciar o caso.
 As crianças acabaram confirmando a denúncia. Como não tinha flagrante, o acusado acabou sendo liberado e fugiu em seguida. O delegado representou pelo mandado de prisão do acusado que acabou preso no último sábado no município de Quixeramobim, onde estava escondido na casa de parentes.

Homicídio

Ainda no sábado, a polícia prendeu em flagrante, dois homens acusados de executar Raimundo Batista da Rocha, 38. O crime aconteceu na noite da última sexta-feira, 24, em um bar localizado ao lado da rodoviária da cidade.
 Logo após o fato, a polícia passou a realizar diligências e descobriu os autores do crime. Foram presos Gilvan Alexandre de Freitas, 28, e Ricardo Ramos do Nascimento, 19. Os acusados são vizinhos da vítima e são traficantes da área. Eles possuíam desavenças com Raimundo.
 Na casa de Gilvan, foi encontrada a arma (um revólver calibre 32) e a motocicleta utilizadas no crime. Já na casa de Ricardo, a polícia encontrou 225 gramas de crack e uma balança de precisão. A dupla acabou autuada em flagrante por homicídio duplamente qualificado e tráfico de drogas.

Com informações da Polícia Civil

Nenhum comentário:

Postar um comentário