terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Polícia prende mais dois suspeitos de arrastão na Pe. Antônio Tomás, no CE

Três homens participaram de um arrastão na Av. Padre Antônio Tomás.
Primeiro suspeito foi preso na quinta-feira (18).
Do G1 CE
 Foram presos no fim da manhã desta terça-feira (21), os outros dois suspeitos de participar de um 'arrastão' na noite do dia 14, na Avenida Padre Antônio Tomás, no Bairro Aldeota, em Fortaleza. Os dois foram detidos no Conjunto Jardim Violeta, no Bairro Barroso e encaminhados para o 2º Distrito Policial (2º DP), no Bairro Meireles, onde foram autuados pela delegada Socorro Portela.
Os dois estavam  em uma casa do Conjunto Jardim Violeta, onde a polícia encontrou drogas, celulares e um relógio de marca. Um deles confessou ter usado uma escopeta durante o arrastão e o outro estava com um mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas. A arma utilizada no crime foi encontrada enterrada do lado de fora da casa.
Na quinta-feira (16),  o primeiro dos três suspeitos já havia sido preso pela polícia. Os homens realizaram uma série de assaltos a motoristas que transitavam na Avenida Padre Antônio Tomás, no Bairro Dionísio Torres. A ação foi fotografada por um estudante que passava pelo local.
Segundo o autor da fotografia, que prefere não se identificar, o crime ocorreu por volta das 21h da terça-feira. Em contato com o G1, o estudante afirmou que a mulher dele, que também presenciou a cena, ficou em estado de choque.
“Vagabundos assaltando quem passa pela Padre Antônio Tomás, Salve-se quem puder”, disse o estudante em uma rede social. Em outra mensagem, autor da imagem afirmou que os assaltantes usavam uma 12, calibre de escopeta, para realizar os crimes. Dois veículos foram levados pelos assaltantes.
Reforço policial
De acordo com tenente-coronel Sávio Bezerra, comandante do 8º Batalhão da Polícia Militar (BPM), um reforço policial foi enviado para o cruzamento da Avenida Padre Antônio Tomás com a Rua Fonseca Lobo e outras três equipes permanecerão de prontidão 24 horas por dia para evitar novos.
"O local onde aconteceu o assalto terá um reforço. Lembro que temos policiais trabalhando 24 horas por dia nos cruzamentos das Avenidas Engenheiro Santana Júnior com Via Expressa; Dom Luís com Via Expressa e Alberto Sá e Via Expressa", diz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário