quinta-feira, 27 de março de 2014

Suspeito de matar cão deve prestar depoimento

DELEGACIA
O suspeito de ter matado brutalmente um cão, no último domingo (23), na localidade de Taquara no Município de Caucaia (RMF), deverá prestar esclarecimentos na próxima segunda-feira (31). A audiência será realizada no 18º DP (Jurema). O caso repercutiu nas redes sociais e revoltou centenas de internautas.
Apontado como o autor do crime, José Diogo de Assis foi chamado para prestar depoimento sobre o ocorrido. Além dele, a dona do cão, a professora Cristiane De Assis que é irmã de José Diogo e o presidente da Sociedade Protetora dos Animais (SPA), Márcio Sousa, também estarão presentes durante a audiência na delegacia.
A SPA tomou conhecimento do caso através da rede social Facebook. Márcio Sousa recebeu as imagens do cão sendo espancado e foi até o local. Segundo ele, a dona do animal não estava presente para evitar o espancamento e a morte.
Violência
Segundo Márcio Sousa, a violência contra o cão se deu por motivos de vingança. José Diogo e sua irmã Cristiane de Assis tiveram uma discussão sobre a divisão de um terreno. De acordo com Cristina de Assis, o cão vira-lata atendia pelo nome de Gleide, tinha 5 anos e era muito dócil. O animal foi espancado e em seguida enforcado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário