quarta-feira, 12 de março de 2014

TOLERÂNCIA ZERO

Operação do Detran apreende mais de 4000 veículos em 3 bairros de Fortaleza
Redação Web 

Motoristas são penalizados com multa de R$ 85,13 a R$ 191,54

Apreensão de carro
Para resgatar o veículo é preciso ser o proprietário e portar documentos pessoais
FOTO: KIKO SILVA
Cerca de 4.100 veículos foram recolhidos durante período de quase 10 meses, em três bairros de Fortaleza, na Operação Tolerância Zero, realizada pelo Departamento de Trânsito do Ceará (Detran-CE), com o apoio da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) e da Policia Rodoviária Estadual(PRE). Foram 20 mil infrações aplicadas só nos bairros Centro, Montese e Aldeota.
A operação, iniciada no dia 13 de junho de 2013, pretende garantir a fluidez do trânsito de veículos e de pedestre e  recuperar a ordem urbana de Fortaleza, por isso tem foco nos bairros nos com maior movimentação de veículos.
A medida administrativa aplicada para estacionamento proibido é a remoção do veículo, que é levado para o depósito do Detran. É possível saber se o veículo foi rebocado ligando para o 190. 
Para resgatar o veículo apreendido é necessário ser o proprietário, portar o Cadastro de Pessoa Física (CPF)  e documento de identidade e pagar a taxa de reboque (R$ 67,36) e diária, que varia de acordo com o tipo de condução (moto ou carro).
É importante saber que, se o veículo possuir alguma pendência, como licenciamento, Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), ou seguro DPVAT, a liberação só ocorre após o pagamento da dívida. 
Multa varia de acordo com infração
Das 20 mil infrações, 70% foram de nível médio, que significa estacionar nas esquinas ou em local proibido por placa, como garagens, vagas de idosos e deficientes físicos. A multa é de R$ 85,13.
Estacionar sobre a calçada ou faixa de pedestres é considerado infração grave, o que ocorreu em 20% dos casos, e a multa é de R$ 127,69. Já 10% das infrações aplicadas foram consideradas gravíssimas, por estacionar nas pistas de rolamento. Os infratores são obrigados a pagar R$ 191,54.

Nenhum comentário:

Postar um comentário