quarta-feira, 2 de abril de 2014

4º estudante é morto em tentativa de assalto em Fortaleza em 3 semanas

José Silva chegava em casa quando foi rendido, junto com a mãe.
Um suspeito de participar da ação foi preso na manhã desta terça-feira.
Do G1 CE
Um estudante foi assassinado na noite desta segunda-feira (31), em Fortaleza, em uma tentativa de assalto. De acordo com a Polícia, o estudante Adler José Silva Lima, de 32 anos, chegava em casa na Rua Tenente Benévolo, no Bairro Meireles, quando foi rendido por assaltantes, junto com a mãe, que abria o portão da casa. Um suspeito de matar o estudante foi preso, em casa, na manhã desta terça-feira (1º), enquanto dormia. Este é o quarto homicídio de estudante universitário em Fortaleza em três semanas.
(Correção: ao ser publicada, esta reportagem errou ao dizer que três estudantes universitários haviam sido assassinados em Fortaleza em três semanas. O dado correto é quatro homicídios. O erro foi corrigido às 17h53.)
Os dois foram esfaqueados e socorridos por duas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), uma delas de alta complexidade. O estudante não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital. A mãe, Lúcia de Fátima, de 55 anos, foi levada para o Hospital Instituto Dr. José Frota (IJF), no Bairro Centro, onde passou por uma cirurgia na manhã desta terça-feira. Segundo o hospital, ela está bem, lúcida e não corre risco de morte.
De acordo com a delegada Socorro Portela, do 2º Distrito Policial, a rapidez com que o suspeito foi preso se deu por causa da ajuda dos vizinhos. "Os vizinhos já apontaram o Jackson [...]. Ele foi encontrado na casa de de um ex-namorado que disse à polícia que Jackson havia confessado o crime. Ele chegou muito nervoso e confessou que havia matado uma pessoa para matar", disse.
Adler José Silva Lima estudava administração na Faculdade Stella Maris, na capital cearense. O local onde o estudante foi assassinado fica a poucos quarteiros do Palácio da Abolição, sede do Governo do Estado e do 2º Distrito Policial, que funciona 24 horas por dia.
Casos semelhantes
Nesta segunda-feira (31 de março), familiares e amigos de Raphael Lopes Lopes realizaram a missa de sétimo dia da morte do estudante. Raphael voltava de uma festa com amigos. No Bairro Messejana, pedras foram colocadas no asfalto por bandidos para tentar frear os carros que trafegavam na via. Os amigos de Raphael se recusaram a parar o veículo após o anúncio de assalto, e o veículo foi baleado. Raphael sofreu dois tiros e morreu há caminho do hospital.
Na sexta-feira (28), o conselheiro tutelar e estudante de direito Jéferson Machado, 34 anos, foi assassinado a facadas no Bairro Vila Manoel Sátiro. De acordo com policiais do 19º Distrito Policial que atenderam a ocorrência, o crime ocorreu por volta das 2h30, e o conselheiro tutelar morreu ainda no local do crime. Dois homens são suspeitos de praticar o assassinato. Ninguém foi preso.
Há duas semanas, Mardônio Freire foi assassinado durante um sequestro-relâmpago. Três suspeitos de participação no crime estão detidos; dois deles são adolescentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário