quarta-feira, 2 de abril de 2014

Educador do CE transforma lixo em brinquedos e instrumentos musicais

Marcos Melo é o personagem do Nosso Ceará desta terça-feira (1°).
Arte-educador trabalha com reciclagem há mais de 20 anos.
Do G1 CE
Há mais de 20 anos, Marcos Melo descobriu que o que não é mais útil para algumas pessoas pode servir como instrumentos musicais e brinquedos em Fortaleza. “Se a gente levar a criança que tem dentro até o fim da vida, a gente só cria mais idade, a gente não fica mais velho”, diz o arte-educador.
O trabalho de Marcos começou quando reciclar não era nem moda e, atualmente, serve de exemplo para as cidades onde o lixo se transformou um grande problema. Fortaleza é a primeira capital do Nordeste e a terceira do Brasil com a maior produção diária de lixo por pessoa. Atualmente é recolhida mais de meia tonelada apenas de lixo domiciliar. Para resolver, é necessário menos desperdício, mais educação ambiental e muita reciclagem.
De uma bolinha encontrada em frasco vazio de desodorante roll-on, Marcos Melo deu duas utilidades, um instrumento de percussão e uma "carapeta", pequeno pião que se faz girar com os dedos.  “Quando a gente é criança, é bem incentivado o lado lúdico. Quando a gente é adulto, vai se perdendo. Você não se permite a se expor, a brincar, pular, gritar. Eu acho que não é bem por aí”.
As invenções de Marcos Melo encantam as crianças, como o estudante André da Silva, e também ajudam ao músico Edson encantar o público. "Com as mãos que ele (Marcos) consegue fazer o instrumento, ele também consegue tirar o som o que não deixa a desejar a nenhum instrumento industrializado”, elogia o cliente do arte-educador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário