quarta-feira, 28 de maio de 2014

Irmãos suspeitos de atirar em policial são executados

APÓS DEPOIMENTO
policia
Francisco Carlos de Lima, de 21 anos, executado na Rua Júlio Verne por desconhecido
FOTOS: NAVAL SARMENTO
policia2
Francisco Rafael de Lima ainda tentou correr, mas foi perseguido e morto com vários tiros de pistola
Dois irmãos, suspeitos da tentativa de assalto que feriu o subtenente da reserva da Polícia Militar Raimundo Arruda de Melo, foram executados na Avenida João Pessoa e Rua Júlio Verne, nos bairros Parangaba e Itaoca. O duplo homicídio foi registrado na última segunda-feira (27), depois que os dois rapazes foram detidos e prestaram depoimento no 5º DP (Parangaba). A mulher de um deles, também foi baleada na cabeça.
Segundo a Polícia, por volta das 18 horas, Francisco Carlos de Lima, 21, e Francisco Rafael de Lima, 24, chegaram à Delegacia na Parangaba, acompanhados de policiais militares que teriam recebido informes sobre o envolvimento dos dois na tentativa de assalto ao subtenente.
O titular do 5º DP, delegado Renê Andrade, informou que os dois não eram investigados pela Polícia Civil, mas como os PMs chegaram ao local com eles e existia o informe de que os dois seriam envolvidos, foi solicitado que ambos fossem encaminhados à sede da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) para um exame residuográfico, que determina se houve disparo de arma de fogo, por meio da análise de resíduos de pólvora nas mãos dos suspeitos.
Os irmãos Francisco Carlos e Francisco Rafael retornaram à Delegacia para entregar os ofícios dos exames realizados na Pefoce. Ainda de acordo com o delegado, como não houve situação de flagrante e ainda não existia nenhuma prova que chegasse ao nível de inquérito, os policiais civis orientaram à família a esperar os rapazes na entrada da Delegacia e eles foram liberados.
Execução sumária
Francisco Carlos estava com a companheira, Jéssica Nathalia dos Santos, 23, ambos voltavam para casa em uma bicicleta e Rafael seguia a pé. Os três foram surpreendidos por um Palio de cor prata. Os indivíduos que saíram do automóvel realizaram disparos com pistola 380.
Às 21h28min foi morto Francisco Carlos de Lima e baleada Jéssica Nathália. Às 21h36min foi a vez de Francisco Rafael. Por não ter autoria, o delegado afirma que os primeiros levantamentos e a investigação foram realizados pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Mas como ocorreu na área da Parangaba, o caso também será investigado pelo 5º DP.
Em relação à tentativa de assalto que terminou com o subtenente da Polícia Militar baleado, o delegado informou que a investigação do caso está sendo feita pelo 5º DP e que a Polícia Civil trabalha com outros suspeitos, mas que devido à morte dos irmãos, prefere não divulgar mais informações até que o inquérito seja concluído.
O resultado do exame que determinará se os jovens realizaram disparos de arma de fogo deve ser entregue no próximo mês pela Perícia Forense.

2 comentários:

  1. Conheci os dois irmãos quando moraram em Ubajara, ele não eram bandidos.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir