domingo, 31 de agosto de 2014

Delegacia recebe quatro novas denúncias de estupro

Denúncias foram feitas após prisão de homem acusado de cometer pelo menos sete estupros
O 5º Distrito Policial (DP), na Parangaba, recebeu ontem quatro novas denúncias de estupro. As vítimas e familiares procuraram a Polícia após a divulgação da prisão de um homem acusado de cometer pelo menos sete estupros. Na última quinta-feira, ele foi reconhecido pelas sete vítimas, com idades entre 11 e 34 anos.
Segundo o delegado Renê Almeida, titular do 5º DP, com base em relatos dos denunciantes o agressor tem características semelhantes e agiu de forma parecida aos outros casos, ameaçando as vítimas com uma faca. Porém, a Polícia ainda investiga se trata-se do mesmo homem. “Não temos ainda como afirmar que (os quatro novos casos) têm vinculação com o mesmo autor. Até porque esse rapaz preso foi submetido a reconhecimento (pelas sete vítimas)”, esclarece o delegado.
A delegacia ainda desconhece os bairros onde ocorreram os quatro novos crimes denunciados. Ainda conforme Andrade, dependendo da área, novos inquéritos poderão ser instaurados em outras delegacias. O delegado não soube informar a idade das quatro vítimas. “Ficamos de colher esses dados na segunda-feira (1º)”, disse.
Ontem, três pessoas compareceram ao 5º DP para informar sobre as novas ocorrências (sendo uma vítima de estupro, o pai de uma delas e a mãe de outra denunciante). A quarta denúncia foi recebida por telefone. 
Acusado
Antônio Cláudio Barbosa de Castro, 30 anos, foi preso em cumprimento a mandado de prisão temporária, no último dia 22, no bairro Mondubim. Ele é apontado pela Polícia como autor de sete crimes de estupro, ocorridos na Parangaba, Maraponga e Vila Peri. 
 
Na última quinta-feira, Antônio foi reconhecido pelas vítimas, pessoalmente e por fotografias. O delegado Renê Andrade disse que ao fim do inquérito, deverá representar pela prisão preventiva do acusado. 
Serviço
Para denunciar casos de estupro:
Onde: delegacias da mulher, Dececa (rua Tabelião Fabião, 114, São Gerardo) ou distritos policiais
Telefones: 190 ou 181

Nenhum comentário:

Postar um comentário