domingo, 9 de novembro de 2014

Menor de 14 anos mata companheira em Arneiroz

Adolescente debocha da Polícia e diz que crime 'não vai dar em nada' Cícera Andréa Alves de Sousa, doméstica, de 34 anos, foi morta com vários golpes de faca desferidos por seu companheiro, o menor de iniciais Y.M.F, de apenas 14 anos. O crime aconteceu por volta das três horas da madrugada deste sábado (8), no município de Arneiroz, a 190 quilômetros de Juazeiro do Norte, no Cariri. O homicida também lesionou o aposentado Geraldo Pereira da Silva, 73 anos.
Segundo informações da Polícia de Arneiroz, o assassinato e a lesão corporal aconteceram na residência do aposentado, que estava com a doméstica quando o menor invadiu o imóvel.
Em meio a uma discussão entre os três, o jovem sacou a faca e golpeou sua companheira no peito esquerdo e, também, o dono da residência, que tentou defender a mulher.
Acionada por populares, a  Polícia conseguiu apreender o menor em flagrante. Ele ainda portava a faca usada nos crimes. O objeto estava sujo de sangue.
As vítimas foram socorridas ao hospital local. Porém, Andréa Alves já chegou morta. O aposentado foi transferido para o hospital de Tauá.
O menor foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Tauá. Ali, não demonstrou qualquer arrependimento pelos crimes praticados e até sorriu em alguns instantes. Ele também debochou dos policiais. "Isso não vai dar em nada porque sou menor", afirmou categórico, embora apresentasse sinais de uso de drogas e de ingestão de bebida alcoólica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário