domingo, 21 de dezembro de 2014

Vou de táxi e conectado

Apostar na tecnologia dentro dos táxis é uma boa forma de acompanhar o público que gosta de ficar conectado
O taxista Fernando Almeida instalou tecnologia wi-fi no carro e disponibiliza tablet, notebook e videos
Para acompanhar a demanda do público mais ligado à internet, a saída encontrada pelos empreendedores é aprimorar nas ofertas de serviços modernos, como wi-fi, telas de vídeos e músicas. Os táxis não poderiam ficar de fora.

Fortaleza apresenta um total de 4.392 táxis regularizados, com cerca de 8 mil motoristas em atividade. O Sindicato dos Taxistas do Ceará (Sinditaxi) aponta que 50% dos taxistas de Fortaleza possui cadastramento no aplicativo Capital Rádio Taxi e 20% destes também têm cadastro em outros aplicativos. O presidente do Sinditaxi, Vicente de Paula Oliveira, informa que 5% dos que têm cadastro em aplicativos ofertam serviço de internet em seu automóvel.
Essa tendência tecnológica, de acordo com Oliveira, é o futuro dos taxistas. “Hoje, as pessoas sabem que é preciso se qualificar mais e para o mercado de trabalho, se o táxi não acompanhar o rendimento da internet e ter seu carro bem equipado, vai perder clientes.”
Quem apostou nessa modernização foi Fernando Almeida, 55. Taxista há seis anos, decidiu empenhar atividades tecnológicas ano passado. “As pessoas agora falam que meu carro está igual ao avião da TAM, cheio de telas”, brinca.
Almeida é cadastrado em dois aplicativos, o 99taxi e o Easy Táxi, mas, em termos de modernidade, decidiu ir muito além disto. Ele anuncia o seu serviço com um adesivo escrito “Wi-fi grátis” colado na porta traseira do carro.
Outra forma de divulgação provém dos cartões de visita dados aos seus passageiros. “Eu gosto de poder oferecer uma coisa melhor para o cliente, algo que ajude a resolver os problemas deles”, justifica.
Ao observar o comportamento do seu público, ele decidiu deixar as pessoas mais conectadas e entretidas oferecendo notebook, tablet e monitores de vídeos dispostos em cada cadeira do veículo. São seis megas de internet disponíveis no carro.
Fidelização
Animações infantis como Bob Esponja e Homem Aranha fazem sucesso no seu táxi. “Quando o cliente entra, pede logo a senha e vai navegando. Os adolescentes agarram logo os tablets. Tem uma passageira que sempre me chama porque diz que o filho dela só quer andar comigo por causa dos desenhos.”
 
No negócio de Almeida, o boom deste ano foi a Copa do Mundo, inclusive muitas pessoas chegaram a perguntar se ele havia empreendido no ramo por conta disto. Ele afirma que a modernização do seu carro foi fator primordial para o crescimento de sua clientela.
Para escapar dos perigos de assalto, Almeida conta que evita sair de madrugada e busca fidelizar um público para não correr riscos de atender quem não conheça. “Tenho cuidado com os meus clientes e sempre presto atenção nas ruas.”
Quem anda muito de táxi e já se deparou com o serviço de wi-fi no veículo foi o estudante Gustavo Nery, 19. Ele diz que achou inusitado. “Fiquei bem surpreso, mas essa experiência foi interessante para perceber como profissões simples e clássicas, vêm adequando-se às tecnologias”
Almeida investiu R$ 3 mil na modernização dos serviços do seu táxi. Para instalar a internet no veículo foram gastos R$ 350,00 e o custo de manutenção da internet sai por R$ 90,00 mensais. Com apenas um mês para retorno do dinheiro investido, o seu ganho diário gira em torno de R$ 350,00. O próximo passo é instalar uma impressora no táxi. 
NÚMEROS 
2,5
por cento dos taxistas oferecem wi-fi em seus veículos 
mil foi o investimento que o taxista Almeida fez para instalar wi-fi e telas multimídias no seu carro
Saiba mais
Os taxistas podem se informar e obter mais conhecimentos por meio dos projetos Jornal no Táxi e Táxi Repórter, que são de uma parceria do Grupo de Comunicação O POVO com o Sinditaxi.
O Jornal no Táxi vigora desde 2006, levando as produções do jornal impresso para 1.800 motoristas e clientes. O Táxi Repórter foi lançado em setembro de 2014 e funciona como suporte de sugestão de pautas, denúncias e flagrantes, em que os taxistas enviam para o whatsapp da rádio O POVO CBN para o número: (85) 8128-0316.

Nenhum comentário:

Postar um comentário