sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Suspeito é detido em Parambu

UNIVERSITÁRIO MORTO
Image-0-Artigo-1788337-1
Antônio Leandro Almeida, 52, estava escondido na Zona Rural de Parambu e foi preso por policiais militares
O suspeito de matar o estudante de Engenharia Civil Mikael Moreira Feitosa, 20, durante uma confusão em um bar, na localidade de Juazeiro, em Parambu (400Km de Fortaleza) foi preso na manhã de ontem. Antônio Leandro Almeida, 52, estava escondido nas proximidades da Fazenda Feijão Gordo, quando foi encontrado e capturado por militares do 13ºBPM (Tauá).
Mikael Feitosa foi atingido por três tiros de revólver, que teriam sido disparados por Antônio Almeida, na madrugada do último dia 26.
A informação da prisão foi confirmada pelo delegado Victor Timbó, que está interinamente respondendo pela Delegacia Regional de Tauá. Segundo ele, Almeida foi conduzido por policiais da Força Tática de Apoio (FTA) da 1ªCia do 13ºBPM (Tauá) até a Delegacia, onde foi ouvido e autuado em flagrante, já que as diligências a procura dele foram ininterruptas.
Transferido
A reportagem apurou que após o crime o acusado fugiu para a Zona Rural do Município de Parambu, onde permaneceu escondido e estava sendo alimentado por um familiar dele. Na noite de ontem, Antônio Leandro foi transferido para a Delegacia de Capturas e Polinter (Decap), em Fortaleza.
O suspeito já tem antecedentes criminais, pela prática um homicídio cometido na cidade de Quixeramobim e tinha um mandado de prisão preventiva expedido contra ele. Seis testemunhas do fato já foram ouvidas pelo delegado Victor Timbó. Um homem que teria ajudado na fuga do atirador, identificado como Josias Oliveira, foi ouvido e liberado, porque declarou que ajudou o acusado do crime por que foi ameaçado de morte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário