domingo, 22 de março de 2015

Ceará é terceiro em número de jovens assassinados

Dados são da Secretaria dos Direitos Humanos da Presidência da República. A maioria jovens são ligados ao tráfico de drogas.

Do G1 CE









O Ceará é o terceiro lugar no ranking de estados com maior número de jovens assassinados. Os dados são do relatório divulgado em 2014 pela Secretaria dos Direitos Humanos da Presidência da República. De acordo com o levantamento, Alagoas é o estado com maior índice de assassinatos de jovens, com 8,82 assassinatos para cada mil adolescentes, seguido por Bahia (8,59) e Ceará (7,74). Os números são relativos a 2012.
Um dos crimes mais chocantes foi a morte de Fábio da Silva de 24 anos. Os próprios assassinos gravaram e postaram a execução na internet. Dos quatro, três foram presos e de acordo com o delegado Márcio Gutierrez, do 30º Distrito Policial (DP), no Bairro São Cristovão, o caso foi esclarecido. “O Fábio estaria vendendo droga ali naquela região para um traficante rival e esse grupo desses criminosos que executaram o Fábio não aceitaram aquela concorrência”, afirmou.
Mortes e o tráfico de drogas
Nas estatísticas da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS-CE) 70% dos casos são motivados pelo tráfico de drogas por causa das dívidas e da disputa pelo espaço de vendas. A rivalidade entre gangues de diferentes bairros é outro fator que gera assassinatos.
Para o pesquisador Luiz Fábio Paiva do Laboratório de Estudos da Violência da Universidade Federal do Ceará, a polícia se acomoda quando as vítimas estão envolvidas em crimes e isso gera impunidade.
“Parece que é uma explicação que torna essa morte completamente irrelevante do ponto de vista da necessidade de uma investigação. Então: ah... teve envolvimento, é bandido, é isso, é aquilo, pronto. E essa situação se repete e ela passa a criar na periferia da cidade a ideia de que a morte é completamente aceitável de determinadas pessoas”, explicou.
Só nos dois primeiros meses do ano foram 687 assassinatos no Ceará. 34% das vítimas são jovens; o que coloca Fortaleza entre as capitais com maior índice de homicídios na adolescência (9,92 adolescentes assassinados em cada mil), quase o dobro da própria Região Nordeste (5,97).
Ceará lidera ranking de estados com maior número de jovens executados (Foto: Reprodução/TV Verdes Mares)Delci Teixeira diz que menos de 10% dos casos são
esclarecidos (Foto: Reprodução/TV Verdes Mares)
Prevenção
O secretário da segurança Delci Teixeira  diz que menos de 10% dos casos são esclarecidos e que está agindo na prevenção, com blitze e operações especiais para recolher armas. “Tirar armas da rua, identificarmos criminosos, pessoas que já cometeram um ou mais assassinatos e colocarmos na cadeia”, disse.
Os três filhos da diarista Sandra dos Santos sofreram as consequências da violência. O mais velho, que trabalhava e estudava, foi baleado na rua por engano aos 17 anos. Os dois irmãos mais novos se tornaram criminosos pra vingar a morte dele. Um foi assassinado e o outro está preso.
"Tinha que fazer alguma  coisa pros jovens, pra eles terem ocupação na mente deles, porque não faz nada, o que eles fazem ? Entram na droga". Assim um campo pra eles brincarem de bola, curso pra eles fazerem porque onde eu moro não tem nada disso", desabafou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário