quinta-feira, 12 de março de 2015

MARAPONGA

Bandidos roubam Banco do Brasil no Detran

Segundo a Polícia, a ação durou cerca de cinco minutos e nenhum cliente foi atacado pelos assaltantes

Image-0-Artigo-1813831-1
O posto de atendimento do Banco do Brasil funciona dentro do prédio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran)
FOTO: ÉRIKA FONSECA
Três homens armados invadiram o posto de atendimento do Banco do Brasil situado dentro do Departamento Estadual de Transito do Ceará (Detran), no bairro Maraponga, e levaram todo o dinheiro que estava no caixa. De acordo com informações da assessoria de imprensa do Detran, os criminosos conseguiram levar R$17 mil que foram arrecadados durante o dia de ontem. Os clientes que estavam em atendimento no momento do roubo não tiveram seus pertences levados pelos assaltantes.
Segundo a Polícia, a ação durou cerca de cinco minutos. Os três funcionários que estavam no local foram rendidos por dois assaltantes que passaram para o lado de dentro do balcão de atendimento e levaram o dinheiro do banco. Um terceiro suspeito teria rendido os clientes. Depois do roubo, o trio fugiu em duas motocicletas, pela contramão da Avenida Godofredo Maciel.
Conforme uma despachante que estava no posto de atendimento na hora do assalto, os suspeitos estavam bem vestidos e fingiram ser clientes. "Não deu para suspeitar de nada. Só quando disseram o que estavam fazendo lá é que todo mundo se assustou. Eles pediram calma e repetiram que não haveria violência", disse a mulher.
A vítima afirmou que somente o dinheiro que estava no caixa do posto foi esvaziado. "Todo mundo ficou apreensivo. Vários despachantes estavam no banco, alguns portando muito dinheiro, mas ainda bem que todos nós fomos poupados", afirmou a mulher.
Uma vendedora ambulante, que não quis se identificar, contou que só percebeu que tinha acontecido o roubo quando as vítimas saíram nervosas do banco e algumas viaturas chegaram ao local. "Estava aqui na porta e não vi ninguém que eu pudesse achar que estava praticando um crime. Conseguiram fazer tudo com muita tranquilidade, porque não foram percebidos nem por todos esses vigilantes que ficam aqui na porta. Estranhei esses seguranças não terem impedido a ação deles e, pelo visto, não terem nem desconfiado".
O delegado Raphael Villarinho, titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), disse que, na verdade, não havia nenhum vigilante no posto de atendimento. Além disso, nenhuma câmera do circuito interno de segurança do no banco, nem daquela área do Detran estavam funcionando no momento do assalto. Villarinho declarou que, por enquanto, não tem suspeitos, mas as equipes da DRF estão diligenciando à procura de pistas. O delegado disse que o trio não faz parte dos bandos que explodem bancos. "É outro tipo de delito. Eles apenas se aproveitaram de uma situação em que perceberam uma probabilidade grande de dar certo".
Coreaú
Uma agência do Banco do Brasil no município de Coreaú (distante 298Km de Fortaleza), foi arrombada durante a madrugada da última terça-feira (10). Segundo o Comando de Policiamento do Interior (CPI), um grupo utilizou barras de ferro, quebrou a parede dos fundos e invadiu o estabelecimento bancário.
Eles não encontraram dinheiro, mas levaram dois revólveres, calibre 38, que pertenciam aos vigilantes. A Polícia realiza diligência na região para tentar localizar os suspeitos, que fugiram sem serem identificados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário