quinta-feira, 12 de março de 2015

Sete suspeitos de mortes e tráfico são presos na AIS 2

OPERAÇÕES
Image-0-Artigo-1813923-1
Os delegados Pedro Viana e Évina Paixão; e o coronel Rogério Nascimento comandaram as operações em busca dos criminosos
FOTO: ÉRIKA FONSECA
O comandante da Área Integrada de Segurança (AIS) 2, delegado Pedro Viana, apresentou, ontem, a prisão de sete pessoas que, segundo ele, têm ligação com tráfico de drogas e homicídios, nos bairros Bom Jardim, Bonsucesso e Genibaú. Um dos casos aconteceu no último domingo e culminou na prisão de cinco pessoas.
De acordo com o delegado, Francisco Bruno de Oliveira Guia foi morto, na Rua Riso do Prado, no Bonsucesso, porque teria repassado informações que levaram à execução de integrante de uma gangue rival.
"Os comparsas do rapaz morto já haviam tentado matar o Bruno três vezes e ele tinha conseguido escapar, mas dessa vez não pôde fazer nada", disse Pedro Viana.
A vítima estava chegando na casa da mãe, em uma moto, na companhia da esposa e do filho, quando foi abordada por cinco homens que desceram de um veículo atirando. Um dos projéteis atingiu Bruno na coxa, mas ele conseguiu fugir.
O rapaz, a mulher e o filho foram perseguidos pelos atiradores. Na fuga, a esposa também foi baleada e ele foi obrigado a parar o veículo. Nesse instante, os parentes foram capturados pelos criminosos.
"O Bruno estava armado e revidou os disparos, mas acabou se rendendo. Quando viu que a mulher e o filho seriam mortos se entregou. Acabou sendo executado na presença de seus familiares, inclusive da mãe dele, com mais de 20 tiros", revelou Pedro Viana. O mandante do crime, identificado como Francisco Adriano Lopes Freitas, o 'Nenem Arrastão' foi preso em um shopping, no bairro Jóquei.
Dois homens que teriam participado do homicídio, Valdenísio Celestino da Silva, o 'Batoré'; e Jeferson Castro Ribeiro foram presos, na comunidade da 'Samambaia'. Na casa de Ribeiro a Polícia encontrou cinco quilos de maconha. Os outros três executores estão sendo procurados.
Duas pessoas que também participavam da quadrilha de 'Neném Arrastão' acabaram presas por tráfico de drogas. José Robério Josino Frutuoso, o 'Berim', e Evandro Brasil Silveira, o 'Rato' foram flagrados com quase seis quilos de droga.
Outros casos
No bairro Bom Jardim, o suspeito de executar José Cristianilson Sousa foi preso horas após o crime. O jovem foi morto na feira do Bom Jardim. Segundo a delegada Évina Paixão, titular do 32ºDP, José Clébio da Silva teria assassinado o rapaz, porque ele "passava por uma área que seria proibida para ele". Valderlan Sousa dos Santos também foi preso por outro homicídio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário