sexta-feira, 6 de março de 2015

Site expõe universitárias em "enquete sexual"

A página foi ativada na terça-feira (3) e expôs fotos de 128 alunas de três universidades. Visitantes votavam se "comeria" ou "não comeria"Um site expôs de forma constrangedora cerca de 128 alunas de universidades no município de Quixadá. Fotos retiradas das redes sociais  das mulheres faziam parte de um ranking feito a partir das opções oferecidas ao visitante do site: se "comeria" ou "não comeria" aquela pessoa, em referência a possibilidade de ter relações sexuais.
Conforme uma das mulheres expostas, que preferiu não se identificar, as fotos foram publicadas na última terça-feira (3) e apagadas no dia seguinte. O site mantinha fotos de alunas da Universidade Federal do Ceará (UFC),  da Universidade Estadual do Ceará( Uece) e  da Faculdade Católica Rainha do Sertão. A Polícia ainda não identificou o autor da página.
"Todas as meninas são de Quixadá. A maioria alunas, mas também tinha duas professoras. Até uma menina menor de idade foi exposta. Já conseguimos saber qual era o servidor utiizado para hospedar o site, mas precisaríamos de um mandado judicial para ter acesso mais detalhado", afirmou uma das mulheres expostas no site. Junto às fotos das mulheres eram divulgadas informações sobre o curso e a universidade  da qual faziam parte. "A audiência era grande. A pessoa precisava votar em uma menina para ver as outras", detalhou.
De acordo com a titular da Delegacia Regional de Quixadá, Ana Cáudia Nere, o inquérito ainda será instaurado e tentará descobrir quem foi o criador do site. "Cinco meninas fizeram o Boletim de Ocorrência, todas estudantes de Quixadá. Elas descobriram o site por acaso, em conversas com amigos", afirmou.   
Redação O POVO Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário