quinta-feira, 28 de maio de 2015

Dupla armada assalta Banco do Brasil de Caucaia

OUSADIA

Dois homens chegaram quando a agência estava sendo aberta e renderam os funcionários do local

Image-0-Artigo-1861782-1
Policiais militares foram duas vezes à agência após denúncias de um assalto no local. Eles teriam conversado com um vigilante. O homem, que havia sido ameaçado pelos bandidos, disse aos PMs que nada estava acontecendo
FOTO: VC REPÓRTER
Dois homens armados assaltaram a agência do Banco do Brasil, localizada no Centro de Caucaia, na manhã ontem. De acordo com a Polícia Civil, a dupla rendeu o gerente quando ele chegava para abrir a agência e levou o dinheiro que estava nos caixas. Pessoas que estavam dentro do banco disseram à PM, que os criminosos permaneceram cerca de 30 minutos no local.
O titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Raphael Vilarinho, declarou que a quantia subtraída pelos dois homens ainda não foi contabilizada. Os suspeitos foram embora, sem levantar suspeitas das pessoas que estavam do lado de fora da agência. No momento do roubo, a Coordenadoria de Operações Integradas de Segurança (Ciops) recebeu denúncia de que estava acontecendo o roubo e deslocou uma patrulha ao banco.
Conforme informações da 1ªCia do 12ºBPM (Caucaia), os policiais foram duas vezes à agência e conversaram com o vigilante, que disse que o expediente estava acontecendo normalmente. "Quando os assaltantes entraram, renderam o vigilante. Tomaram a arma dele e retiraram todas as munições. Ele voltou para a frente do banco rendido. Os assaltantes disseram que se ele desse alguma pista do que estava acontecendo, os funcionários morreriam", disse um policial militar, que preferiu não se identificar.
Depois que a situação foi descoberta, as vítimas contaram à Polícia que durante o tempo que os bandidos estiveram dentro da agência mandaram os funcionários trabalharem normalmente. "Passaram muito tempo lá dentro tentando recolher todo o dinheiro. Amedrontaram muito os funcionários. Chegaram até a tomar café lá dentro, como se nada estivesse acontecendo", disse o militar do 12ºBPM.
Por enquanto, a Polícia ainda não tem pistas do paradeiro dos criminosos. O delegado da DRF revelou que eles escaparam em um automóvel Fox, de cor branca, que estava com placas clonadas. "Uma pessoa conseguiu anotar as placa e nos repassou. Porém, quando checamos percebemos que o número não batia com o veículo. Era uma placa fria", afirmou o titular da DRF.
As câmeras do circuito interno de segurança do banco não estavam funcionando na hora do assalto, segundo Vilarinho. "Nos ajudaria muito se as câmeras estivessem funcionando, até porque eles praticaram todo o crime de cara limpa. Os bancos não têm colaborado com a manutenção dos seus circuitos internos, nem com a segurança de suas próprias agências. Vamos procurar outros estabelecimentos nas proximidades que tenham o equipamento para tentarmos identificar os suspeitos", disse o delegado.
Outro caso
Este é o 26º ataque a banco (arrombamento, assaltos e explosões) registrado em 2015, no Ceará. O último tinha ocorrido em Barreira, no dia 19 de abril. Um caso semelhante ao de ontem, aconteceu no dia 10 de abril, na Caixa Econômica Federal (CEF) localizada no bairro Pajuçara, em Maracanaú.
Segundo a Polícia, os criminosos conseguiram levar dois malotes da instituição federal, depois de render o vigilante, armados com fuzis. Por enquanto, ninguém foi preso.
Márcia Feitosa
Repórter

Nenhum comentário:

Postar um comentário