quarta-feira, 7 de outubro de 2015

PM investiga vídeo em que suposto policial tortura jovem com uma faca

A Polícia Militar do Ceará está investigando a procedência de um vídeo disseminado nas redes sociais, na última semana, em que um homem, usando uma farda que supostamente seria da Corporação, aparece raspando as costas de um jovem com uma faca, para retirar uma tatuagem com a figura de um palhaço. O relações públicas da PM/CE, coronel Jesus Andrade,  disse que enviará na próxima quarta-feira (7) o vídeo para a Perícia Forense do Ceará (Pefoce), que deverá atestar se ele é autêntico. 
Existem outros vídeos dessa natureza veja esse: http://cabuloso.xpg.uol.com.br/portal/videos/view/policial-tirando-tatuagem-da-perna-de-bandido-com-uma-faca
No mundo do crime, a tatuagem do palhaço é feita por pessoas que dizem já ter matado ou entrado em confronto armado com PMs. A gravação mostra os momentos de tortura, mas as vítimas e os agressores não aparecem. O coronel Jesus Andrade pede que o jovem que é lesionado nas imagens ou seus familiares denunciem. O oficial disse que garante o anonimato de quem ajudar na identificação dos supostos policiais.  
“Se for comprovada a participação de algum  policial daqui, ele vai responder criminal e  administrativamente. A PM/CE repudia qualquer ato que vá de encontro ao direito constitucional de quem quer que seja. Quem faz uma coisa dessas  é um marginal travestido de militar.  Nossa Corporação é formada, na sua grande maioria, por homens e mulheres de bem que reprovam esse tipo de comportamento criminoso”, declarou Andrade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário