quinta-feira, 12 de maio de 2016

'Me fingi de morta', diz motociclista atropelada em assalto no Ceará

Assaltante bateu em moto, atropelou condutora e levou bolsa.
Suspeitos do crime foram presos; vídeo flagrou roubo.

Valdir Almeida
Do G1 CE, com informações da TV Verdes Mares

A universitária que foi atropelada e assaltada no município de Sobral, norte do Ceará, relatou que se fingiu de morta para sobreviver após cair da moto que conduzia. A jovem disse que ia entregar a bolsa antes do atropelamento, mas os assaltantes aceleraram o carro e colidiram propositalmente contra ela. O crime aconteceu na segunda-feira (9) e foi registrado por câmeras de segurança de uma residência.
"Eu estava indo em direção à faculdade quando fui abordada. Não pensei na hora e acelerei para uma avenida. Sabia que não tinha como sair, então comecei a diminuir a velocidade da moto e gritei: 'eu me rendo, eu me rendo'. Mas eles aceleraram e depois só senti o impacto do carro sobre mim", lembrou.
A universitária informou que após cair no chão percebeu que o carro dos suspeitos havia parado. A jovem disse que ficou com medo de ser novamente agredida e fingiu que estava desacordada.
"Quando vi que eles abriram a porta do carro e vieram em minha direção, eu me fingi de morta para sobreviver. Estava com medo que eles fizessem algo pior comigo. Depois, quando o carro já estava distante, comecei a gritar por socorro".
Foi uma covardia. Senti que minha vida não valia nada para eles"
Raíssa Barros, vítima de assalto em Sobral
A estudante, que teve ferimentos no ombro, braços e pernas, classificou o assalto como covardia. "Foi uma covardia. Não acredito que minha vida não valia nada para eles [assaltantes]. Em nenhum momento eles pensaram que era uma mulher indefesa e, mesmo eu estando no chão, tiveram a audácia de pegar minha bolsa, como se nada tivesse acontecido", relatou, ainda emocionada.
A universitária acrescentou que mesmo após o susto ainda lembra frequentemente do assalto. A jovem diz que espera que a justiça seja feita.
"Sempre lembro daquela cena. Não estou conseguindo dormir, comer, tomar banho sozinha. Sempre preciso da ajuda de alguém por conta das dores. Eu só quero justiça, até para que isso não aconteça com outra pessoa", complementa.
Suspeitos presos
Os dois homens suspeitos de terem atropelado a universitária para roubar a bolsa dela foram presos na tarde desta terça-feira (10).

O homem que dirigia o carro foi identificado e preso em Sobral. O outro suspeito foi detido emSantana do Acaraú, também no norte do estado. De acordo com a polícia, os dois vão responder por assalto e tentativa de homicídio. 
Flagra por câmeras de segurança
As câmeras de segurança de uma casa flagraram o momento em que uma motociclista foi atropelada pelo motorista de um carro e teve a bolsa levada enquanto estava caída no chão.

O vídeo mostra a jovem trafegando pela Rua 6, no Conjunto Cohab II, quando um carro atinge a lateral da moto que ela conduzia. Após o impacto, a vítima ficou caída no chão e o veículo que ocasionou o acidente parou um pouco mais a frente.
O vídeo mostra que, no momento seguinte, um homem sai correndo de dentro do carro, pega a  bolsa da motociclista e foge, deixando a vítima sem socorro. A estudante foi socorrida para a Santa Casa de Saúde do município.

Nenhum comentário:

Postar um comentário