domingo, 29 de maio de 2016

VICE-PRESIDENTE DO SINDVIGILANTE-CE É INDICIADO PENALMENTE E SUSPENSO DO SINDICATO PARA ESCLARECER OS FATOS

O vice-presidente do Sindicato dos Vigilantes do Estado do Ceará, Cícero Marinho Gonçalves da Silva, foi indiciado pelo crime do artigo 168, §1º, inciso III, do Código Penal Brasileiro, devido à apropriação indébita de um carro da entidade da marca Gol / Wolksvagem, confirmado em seu próprio depoimento.

Segundo o vice-presidente, inclusive em seu depoimento, o carro foi vendido para uma sucata após ter perda total em um acidente ocorrido na gestão anterior, com os ex-diretores Pedro Lima e Santos. Contudo, o Sindicato dos Vigilantes passou a receber multas do referido carro, constatando que o mesmo continua circulando, ou seja, não sofreu perda total. Procuramos o dono da sucata a qual o carro supostamente teria sido vendido, mas como não conseguimos respostas, resolvemos deixar o caso com a polícia.
Após todo o trâmite legal, a polícia constatou que havia crime e indiciou o vice-presidente do sindicato, Cícero Marinho no artigo 168 do código Penal Brasileiro. A diretoria do Sindicato, entendendo que o fato precisa ser esclarecido para a categoria, deliberou a suspensão de 180 dias de Cícero Marinho para que o mesmo tenha, mais uma vez, a oportunidade de esclarecer os fatos. 
Embora o estatuto do sindicato permitisse a expulsão do vice-presidente diante dos fatos, a diretoria deliberou pela suspensão para possibilitar a sua defesa novamente. Antes da suspensão, também lhe foi dado o prazo de dez dias para apresentar defesa e após a suspensão, o mesmo poderia ter solicitado assembleia para justificar-se. Contudo, Cícero Marinho optou pelo silêncio e não deu nenhuma explicação para a categoria.
Portanto, como não houve nenhuma assembleia para que a categoria aprovasse a venda do carro, não há nenhum registro de entrada do valor da suposta venda no sindicato e o carro continua circulando, queremos o esclarecimento de todos os fatos, bem como o encerramento do processo judicial. Precisamos de respostas e não podemos compactuar com esta situação.
Veja nas imagens o depoimento de Cícero Marinho, de Pedro Lima (ex-diretor que dirigia o carro gol no dia do acidente) e a abertura do inquérito policial.

Fonte: NOTICIAS  PROFISSÃO DE RISCO V.G.T.

Nenhum comentário:

Postar um comentário