sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Homem que atirou em pai e filho em casamento se entrega à polícia

A imagem pode conter: 2 pessoas, telefoneA imagem pode conter: 1 pessoa, em pé
Três dias após atirar em três pessoas dentro de uma igreja católica na cidade de Limoeiro de Anadia, durante uma cerimônia de casamento, Umberto Ferreira Santos, o Betinho, se apresentou na manhã desta quarta-feira, 1º de fevereiro, na 4ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) em Arapiraca.
O delegado Gustavo Xavier, responsável por investigar o caso, informou ao Alagoas 24 Horas que o crime seria motivado por vingança, uma vez que duas vítimas, Cícero Barbosa e Edmilson Bezerra, são apontadas por Betinho como sendo os autores intelectuais das mortes de João Ferreira dos Santos, de 69 anos, e Karlisson Humberto Ferreira dos Santos, pai e filho do acusado.
“Ele confessou o crime e contou que tinha saído do Povoado Pé Leve para Limoeiro de Anadia quando visualizou dois acusados de assassinar seu pai e seu filho em janeiro de 2015 entrando em um ‘estabelecimento’. Então, foi até o carro, pegou a arma e entrou no local, sem se dar conta que se tratava de uma igreja. Ao chegar perto das vítimas, ele efetuou os disparos e saiu em seguida”, contou o delegado.
Ainda conforme dados do delegado, Betinho ainda está sendo ouvido e após o interrogatório será encaminhado à Casa de Custódia da Polícia Civil, em Arapiraca.
Entenda o caso
No último sábado, 29, Umberto Ferreira Santos entrou durante uma cerimônia de casamento e atirou em três pessoas da mesma família (sendo um pai, filho e nora). Foram atingidos pelos disparos Cícero Barbosa da Silva, 62 anos, Edmilson Bezerra da Silva, 37 anos, e uma mulher que não teve a identidade divulgada, mas segundo a polícia ela é esposa de Edmilson. Eles foram socorridos por pessoas que estavam na igreja e levados para a Unidade de Emergência do Agreste, em Arapiraca. A mulher já recebeu alta médica e as outras duas vítimas continuam internadas.
Em depoimento, Betinho diz que Cícero Barbosa e Edmilson Bezerra são os mandantes do assassinato de seu pai e filho em 27 de janeiro de 2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário