quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Polícia Civil prende envolvidos em homicídio relacionado com dívida de aluguel em Quixeramobim

Policiais civis da Delegacia Municipal de Quixeramobim, com o apoio da Delegacia Municipal de Pedra Branca, realizaram as prisões de duas pessoas, que eram investigadas por envolvimento em um homicídio, cometido no ano de 2015, na zona rural de Quixeramobim, na Área Integrada de Segurança 20 (AIS 20). De acordo com o delegado André Firmino, que coordenou o andamento das investidas policiais, que culminaram na elucidação do crime, os presos se tratam de uma mulher, suspeita de ser um dos mandante do crime; e um homem, que teria conduzido a motocicleta utilizada no dia do homicídio.
O fato ocorreu no dia 06 de outubro de 2015, quando Raimundo Pereira Prudente (65) foi morto a tiros efetuados por dois homens em uma motocicleta, na localidade de Manituba, zona rural de Quixeramobim. As apurações da Polícia Civil levaram até Marisa Pereira da Silva (25), que foi presa na localidade de Onça, por intermédio de um mandado de prisão preventiva. Ela teria articulado a ação criminosa, juntamente com o seu companheiro que se encontra foragido, pois ambos eram inquilinos da vítima, e estariam sofrendo cobranças acerca de alugueis atrasados.
Para executar o crime, o casal contratou dois homens. O condutor da motocicleta utilizada  no homicídio, Roberto Moreira da Silva (37) – conhecido por “Nêgo”, foi capturado, hoje, em Pedra Branca (AIS 20). Já o executor permanece sendo procurado pela Polícia Civil.
Os dois presos foram conduzidos para a Delegacia Municipal de Quixeramobim, onde foram ouvidos. Em seguida, foram encaminhados para a Cadeia Pública da cidade. A Polícia Civil mantém as diligências, no intuito de prender os demais envolvidos na ação criminosa. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário