quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

VIGILANTES DO BRASIL.

Fonte: Frota Vigilante.

Polícia prende dois foragidos da Justiça

A atuação em conjunto das Polícias Civil e Militar, no município do Eusébio, resultou nas prisões de dois homens suspeitos da prática de crimes no município. Na última sexta-feira (23), os presos, que estavam com mandados de prisão em aberto, foram capturados após os policiais receberem uma denúncia de que a dupla estaria ameaçando moradores de uma comunidade, no bairro Mangabeira. A ação policial envolveu composições do Comando Tático Motorizado (Cotam) e do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) da Polícia Militar e de equipes da Delegacia Metropolitana de Eusébio. 
Ao se deparar com os suspeitos, os policiais militares localizaram a dupla na área da comunidade e deram voz de prisão a Victor Hugo Lima Nunes (19), mais conhecido por "Vitinho", com passagens por homicídio, roubo, tráfico de drogas e ameaça; e Bruno Vandax Costa de Oliveira (26), com passagem por uso de drogas e roubo. Com os suspeitos, foi encontrada certa quantidade de droga já embalada e pronta para o comércio, uma arma de fogo e um aparelho de celular. A dupla foi levada para a delegacia para realização do flagrante. 
De acordo com o delegado Fernando Cavalcante, titular da Metropolitana de Eusébio, no decorrer das investigações, verificou-se que no aparelho celular apreendido com os infratores existiam conversas comprovando a prática de crimes de homicídio realizado pelos mesmos. Ainda conforme levantamentos policiais, "Vitinho" é apontado como braço armado do grupo criminoso do qual a dupla faz parte. Os dois também são investigados pelo comércio de drogas no bairro Mangabeira. 
A Polícia Civil investiga outros delitos praticados pelos suspeitos no sentido de colaborar na produção de provas contra a dupla. A Polícia Militar, por meio da 1ª Companhia do 15º Batalhão de Polícia Militar (BPM), reforçou policiamento no bairro a fim de impedir a atuação de grupos criminosos no local.

Polícia prende suspeito de matar motorista na CE-040

A Polícia prendeu um dos suspeitos de executar um homem na rodovia CE-040, no município de Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza, no último dia 31 de janeiro. A ação foi filmada pelos criminosos e divulgada na internet. A vítima foi identificada como Caio César Siqueira Sisnando, 29 anos.
O homem preso pela polícia foi identificado como, David Régis Lima Rabelo, vulgo Japa, que estava dirigindo o carro usado para perseguir a pick-up L-200 em que estava a vítima.
A polícia segue na investigação para encontrar Antônio Bruno Rafael de Oliveira, vulgo Maizena, que foi quem efetuou os disparos contra a vítima. A polícia acredita que o homicídio teria acontecido por briga de facções, pois, segundo a polícia, Caio César faria parte de uma facção criminosa.
De acordo com a polícia, David foi preso próximo a um shopping localizado na cidade do Eusébio, em posse do mesmo, foi encontrada uma mochila com mais de R$ 19 mil e aparelhos celulares. O homem foi autuado pelos crimes de receptação e lavagem de dinheiro.
A polícia aponta Caio, como líder do tráfico de drogas de bairros da área nobre de Fortaleza. Segundo a SSPDS, Caio César respondia a dois artigos por furto.
Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o suspeito preso é um dos dois envolvidos que aparecem em um carro antes do crime. O veículo utilizado pelos criminosos também foi apreendido.
No vídeo, os suspeitos comentam e acompanham o carro em que a vítima estava e, ao se aproximaram, executam o crime. De acordo com a Polícia Militar, o grupo tinha planejado executar Caio, possivelmente por uma dívida. 
A vítima estava em uma caminhonete L-200.  O homem foi socorrido com vida, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu ao chegar à Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Caio morava no bairro Varjota, área nobre de Fortaleza. Ele respondia por  dois artigos de furto e também era suspeito de tráfico de drogas. 

Mulher é perseguida e assassinada com vinte tiros no município de Morada Nova

2_Plantao_PolicialNa madrugada desta segunda-feira (26), por volta das 00h30, foi comunicado a polícia militar via 190 a cerca de um homicídio ocorrido em um bar da cidade de Morada Nova, de imediato a viatura da polícia se deslocou até o locou e constatou a veracidade das informações.

Segundo populares, os autores do homicídio estariam em um carro de características não anotadas e que vinham perseguindo a vítima, que ao chegar ao bar foi alvejada com pelo menos vinte tiros de pistola 380.
A polícia ainda fez diligências nos arredores do crime, mas nada foi encontrado. A vítima foi identificada por Daniela Marcia de Freitas, de 21 anos de idade.
Ainda não se tem informações sobre o motivo do crime.

Ex-presidiário é assassinado com 21 tiros na cidade de Quixeramobim

Imagem relacionadaRegião Central: A criminalidade no município de Quixeramobim vem aumentando, e a insegurança em bairros periféricos está assustando a população que vive agora com receio de quem será a próxima vítima.
Um homicídio foi registrado nesta terça-feira (27), por volta das 15h, a Polícia Militar recebeu uma ligação via 190, dando conta de que na rua Pedro Antônio Santiago, bairro Conjunto Esperança em Quixeramobim, teria ocorrido um homicídio a bala, de pronto uma viatura foi até o local e constatou a veracidade dos fatos, a vítima trata-se de M. F. B., o mesmo já respondia ao art. 121 (tentativa de homicídio).
Populares informaram que três indivíduos em um carro Siena de cor prata chegaram e disparam várias vezes contra o indivíduoA PEFOCE constatou 21 perfurações a bala, sendo de calibre .38 e .40.
Ainda não se sabe qual o motivo de tal barbárie, diligências estão sendo realizadas para que os autores sejam identificados.

ZELADOR DO SEXTO BATALHÃO DA PM É EXECUTADO À BALA EM FORTALEZA


 Mais um fato lamentável aconteceu no começo da tarde de hoje 27/02/18 o palco da violência foi bairro conjunto esperança, em Fortaleza. A vítima era servente de limpeza do 6.bpm do bairro conjunto esperança ele teria sido assassinado por que seria amigo da polícia e trabalharia no quartel da PM isso teria chamado a atenção do traficante da área de onde a vítima morava que ordem a morte desse cidadão.


Ele foi abatido no momento em que trafegava do quartel para sua casa em uma moto foi quando dois meliantes seguiram a vítima em uma outra moto chegado próximo a igreja católica do bairro eles efetuaram diversos disparos de amar de fogo pelas costas a vítima caiu sem vida.

Já na noite de ontem um outro fato lamentável aconteceu no município de São Gonçalo do Amarante, onde uma empresária dona de um restaurante foi executada a mando de um traficante segundo informação a morte teria sido motivada por a vítima ser amiga da polícia. 

Jovem que 'fumou dinheiro' em abordagem passa em concurso para delegada

 Advogada não tinha habilitação na época e estava embriagada
Luiza Gomes, de 24 anos, que ficou conhecida depois de ter sido flagrada dirigindo embriagada e tentando fumar uma nota de R$50, passou no concurso para delegados da Polícia Civil do Pará. Procurada pela imprensa, a jovem não quis dar entrevista. O resultado do processo seletivo foi divulgado nesta terça-feira (27).
A advogada foi parada em uma abordagem policial no Espírito Santo, em agosto 2012, quando tinha 19 anos. Na época, ela estava bêbada e chegou a dizer que conhecia a lei e suas brechas. "Essa questão de beber e dirigir, qual a eficácia da lei? Não existe eficácia. A partir do momento que a gente vê que tem alguma brecha, a gente se aproveita daquilo. Nós, estudantes de direito, tentamos nos aproveitar disso", contou a garota que estava em um carro com os pneus rasgados, sem carteira de motorista e que tentou ligar o veículo com um canudinho.
 Como punição, Luiza teve de prestar serviço comunitário por quatro meses no Hospital da Polícia Militar, em Vitória. Já a mãe dela pagou R$400 em cestas básicas durante 30 dias. Em 2014, Luiza já estava apta a tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). No ano seguinte, a jovem comentou o caso durante um evento de MMA.
"Claro que uma pessoa ou outra lembra, e isso eu vou ter que enfrentar por muito tempo, talvez até para o resto da minha vida, mas o que importa é a gente aprender com os nossos erros e seguir em frente, não pode, por conta de um episódio que aconteceu, ficar naquilo pra sempre", disse a jovem na época ao GloboEsporte.com.

UM DOS LÍDERES DA FACÇÃO CRIMINOSA GDE É PRESO EM FORTALEZA

 Após diversas diligências com o intuito de identificar autoria de homicídios, tráfico de drogas e expulsões de famílias de seus domicílios, bem como a intensa atuação da facção criminosa GDE - guardiões do Estado - na área do Jangurussu e Conjunto Maria Tomásia, a equipe de investigação do 30° DP foi determinante na apuração de fatos que ligaram de forma incontestável a autoria dos diversos crimes ora mencionados a Emanoel Marques Palhano, um dos líderes do GDE, fato que deu suporte técnico Jurídico para a expedição de mandado de prisão.

Na data de 27/02/2018 o Delegado Titular do 30° Distrito Policial, Dr. Maurício Junior, após diversas diligências, recebeu informação sobre a localização de EMANOEL MARQUES PALHANO. Diante disso, determinou à equipe de policiais desta delegacia que fossem captura-lo.
Mesmo usando uma tornozeleira, fato relevante para obtenção da localizacão e captura dele, foram quase três horas de intensas diligências. No momento da abordagem,  EMANOEL MARQUES PALHANO tentou esgueirar- se da abordagem policial, invadindo casas e se movimentando de forma desordenada, a fim de confundir tanto o monitoramento da SEJUS  quanto a equipe de policiais do 30° Distrito, mas de forma dedicada a equipe policial manteve-se inabalada no encalço do criminoso até sua captura.

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Guarda Municipal de Sobral receberá novo fardamento


A Guarda Civil Municipal de Sobral (GCMS), receberá novo fardamento na cor azul marinho, ficando padronizado com as demais Guardas Municipais do Brasil.

A iniciativa é do prefeito de Sobral, Ivo Gomes (PDT), que apresenta essa nova conquista para melhorar a motivação dos profissionais, oferecendo novos equipamentos e melhores condições para os integrantes da Guarda Municipal trabalhar. 

Os kits com os novos fardamentos serão entregues aos 142 servidores do órgão, que atuam na segurança do patrimônio público e na fiscalização do trânsito no município. Além dos 86 novos integrantes que tomarão posse nos próximos dias. 

O fardamento a ser entregue conta com um novo par de coturnos, uma gandola, coletes balísticos, uma calça, uma camiseta branca, uma camisa operacional azul marinho, um boné, um cinto de passeio, um cinto operacional, composto por porta-algema e porta tonfa.

Oi ai maxo véi

fique atento...


Presta atenção mah!

Cuidado com essas leis...


INDIVÍDUO FORAGIDO DA JUSTIÇA E SUSPEITO DO COMETIMENTO DE DIVERSOS CRIMES


Ajude as Polícias Civil e Militar na captura de JOSÉ ALBERTO SANTOS SOUSA, vulgo "CABORÉ, o mesmo é suspeito do cometimento de diversos crimes, dentre homicídios, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, receptação, dentre outros.
Quem tiver qualquer tipo de informação sobre o paradeiro desse criminoso, favor entrar em contato com a Polícia Civil de Baturité através do fone 33474241 ou com a Polícia Militar por meio do fone 190.
Com a participação e colaboração da comunidade o trabalho dos órgãos de segurança pública é muito mais eficaz.
Colabore com as Polícias na captura desse criminoso, tendo a certeza de que a identidade do denunciante será mantida no mais absoluto sigilo.

#PoliciaCivil #PolíciaMilitar #Comunidade

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Efeito dominó: outro 'figurão' do PCC que estava no CE é preso

Claudiney Souza assumiu a liderança nas PCC nas ruas de Minas Gerais, quando o antigo líder e o matador do grupo foram presos em São Paulo

Aos poucos as coisas vão ficando claras. Investigadores que fazem parte da operação para elucidar as mortes dos dois membros da cúpula do Primeiro Comando da Capital (PCC), Rogério Jeremias de Simone, o 'Gegê do Mangue'; e Fabiano Alves de Souza, o 'Paca', parecem tão perplexos quanto à sociedade, com o que têm encontrado nas apurações.
O inquérito segue com efeito dominó, em que a descoberta de uma peça leva, automaticamente, à queda de outra. Não deu tempo de 'Gegê' e 'Paca' se livrarem de comparsas, imóveis, veículos, rastros e de todo o esquema que haviam montado aqui. Agora, mais do que nunca, a Polícia está mais próxima de desvendar os caminhos do crime organizado no Ceará.
Leia ainda: 
Uma das descobertas recentes mais importantes dos investigadores é que nem só as duas vítimas eram "figurões" do PCC morando no Ceará. Mais um membro do alto escalão da maior facção criminosa do País, morava em Fortaleza: Claudiney Rodrigues de Souza, o 'Cláudio Boy', 36, um dos principais nomes da organização em Minas Gerais, foi preso pela Polícia Federal (PF), na última segunda-feira (19), no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, ainda a bordo do voo que saiu da Capital cearense.
O homem foi algemado e retirado de dentro do avião por agentes federais. O criminoso deixou Fortaleza apenas três dias após o achado dos cadáveres de 'Gegê do Mangue' e de 'Paca'. De acordo com a Polícia Federal de Minas Gerais, Claudiney Souza era foragido da Justiça mineira e integrava a lista de procurados da Interpol. Contra ele, havia sete mandados de prisão em aberto, expedidos por Varas da Comarca de Belo Horizonte, pelos crimes de homicídio e tráfico internacional de drogas.
'Cláudio Boy' estava utilizando documentos falsos para abrir empresas, e se estabelecer como empresário e adquirir bens em Fortaleza, além de realizar inúmeras viagens pelo Brasil e até para o exterior, segundo a PF. O foragido tinha documentos com vários nomes diferentes, para facilitar a vida de 'fachada' que levava no Estado. Nas redes sociais, ostentava uma vida de luxo frequentando barracas de praia e a noite de Fortaleza. Era amigo de empresários da Capital. O traficante circulava no Ceará há, aproximadamente, seis anos.
"A prisão é resultado de minuciosa investigação realizada pela PF, como representação da Interpol no Brasil. A investigação contou com o apoio da Agência de Imigração Americana Immigration and Customs Enforcement (ICE) e da Inteligência da Polícia Civil de Minas Gerais", informou a PF.
A PF acrescentou que a investigação aponta que, mesmo foragido, 'Cláudio Boy' seguia atuando em operações relacionadas ao tráfico internacional de drogas, o que podia estar sendo feito direto do Ceará, conhecido como um ponto estratégico para o tráfico.
'Missão'
Uma fonte da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), que atua nas investigações, disse que o criminoso pode ter recebido a 'missão' de agenciar a morte de 'Gegê' e 'Paca'. "O PCC é realmente muito organizado e tem uma hierarquia definida, mas o líder máximo não se ocuparia de planejar execuções. Ele reúne a sintonia geral final, que é um espécie de conselho que toma decisões, e resolve o que vai ser feito. Depois disso, delega a 'missão' a alguém. Nesse caso, pode ser que o 'Claudiney' tenha recebido a missão de arquitetar as mortes. Se não tivesse implicado de alguma forma, não teria fugido", afirmou.
Conforme o investigador, os passos dos membros do PCC estão sendo refeitos no Ceará, para esclarecer se eles movimentavam algum negócio em comum, legal ou ilegal; se frequentavam as casas uns dos outros; se aparentemente eram amigos. Até o momento não há confirmação de como as vítimas foram convencidas a entrar na aeronave, que os levou até a reserva indígena de Aquiraz, onde foram mortos.
Histórico
Claudiney Souza assumiu a liderança nas ruas do PCC em Minas Gerais quando o antigo líder, Ângelo Gonçalves de Miranda Filho, o 'Pezão'; e o matador do grupo, Bruno Rodrigues de Souza, o 'Quem-Quem', foram presos, em São Paulo, no ano de 2011. A dupla integrava a lista dos 12 criminosos mais procurados de Minas Gerais.
Na semana seguinte, a Polícia chegou a Fábio Silvano Alves Azevedo, o 'Fabinho', que era tido como o homem de confiança de 'Cláudio Boy'.Desde aquele momento, há mais de seis anos, Claudiney Souza se tornou o alvo principal dos investigadores, mas deixou seu Estado de origem e encontrou refúgio no Ceará.

Fonte: DN

Motoqueiro executa pipeiro com 8 disparos de pistola em Quixadá

Menos de 24 horas a Policia registrou o segundo homicídio na cidade de Quixadá no Sertão Central, na tarde desta quarta-feira (21), pipeiro foi executado em uma borracharia.
De acordo com o Centro de Operação Policiais Militares (COPOM), uma ligação no inicio da tarde informando de um tiroteio no Posto de Combustivel que fica na CE-265. De imediato uma composição foi enviada ao local, ao chegar foi constatado o homicídio.
Um pipeiro identificado como sendo Carlos Vitor de Queiroz Lessa, 26 anos, completados no último dia 10, casado, estava na borracharia consertando o pneu do caminhão pipa Mercedes Benz 1113, azul, de placas HZJ 4447, quando um homem de motocicleta, cor azul,  efetetuou diversos disparos com pistola contra a vítima.
Após os disparos o homem fugiu tomando rumo ignorado. Segundo o perito a vitima foi atingida por oito projeteis. Os tiros atingiram três na cabeça, três nas costas e dois no antebraço. Carlos Vitor foi a óbito no local.
Diligências estão sendo realizadas e o Delegado Regional Marcos Vinicius e sua equipe será o responsável pela instauração de inquérito para apurar as motivações e o autor do crime. A Pericia Forense foi acionada para o local, após a pericia no local do crime o corpo foi conduzido para o Instituto Médico Legal em Quixeramobim.

Quadrilha faz caminhoneiro e ajudante de refém e roubam mais de 40 mil em mercadorias

Uma quadrilha fez um caminhoneiro e seu ajudante de refém durante um assalto no município de Pedra Branca, no Sertão Central.
De acordo com informações da Polícia Militar, por volta das 17 horas desta terça-feira (20) um caminhoneiro trafegava dirigindo um caminhão de uma distribuidora quando na BR 226, a cerca de três quilômetros do distrito de Santa Cruz do Banabuiú, saíram três homens do matagal, todos armados, e ficaram no meio da rodovia e mandaram o motorista parar o veículo.
Logo após pararem o caminhão o motorista e o ajudante foram feito reféns, os assaltantes levaram as vítimas para o centro do distrito. Dois homens ficaram com eles enquanto o terceiro levou o veículo para um local ignorado e roubou toda mercadoria.
As vítimas somente foram liberadas pelos criminosos por volta do meio dia e não conseguiram ligar para a polícia local. O valor da mercadoria roubada chega a ser avaliada em aproximadamente 42 mil reais e o caminhão Mercedes Benz, de cor azul e placas NQE 4288, com inscrição de Campina Grande, foi recuperado.

Homicídio em Russas.

O foto ocorreu nas proximidades do Posto de Combustível Rumasa na BR116. 

Vitima: Presidiário do regime semi aberto. Estava vindo da CP onde dorme todas às noites. 
Vítima: Francisco Marcio
Fonte: Pentas Ce Notícias

Helicóptero com cúpula do PCC decolou da Praia do Futuro


As viúvas de ‘Gegê’ e ‘Paca’ receberam o apoio da mulher de Roberto Soriano, o ‘Tiriça’, outro líder da facção paulista, em Fortaleza ( Foto: Thiago Gadelha )
As mortes dos principais líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC), em liberdade, Rogério Jeremias de Simone, o ‘Gegê do Mangue’; e Fabiano Alves de Souza, o ‘Paca’, não deixaram só a Polícia cearense em dúvida, mas os próprios membros da facção. A cada fato novo, a certeza de que nem as vítimas, nem ninguém esperava por esse desfecho. Tanto é que, segundo uma fonte da Polícia Civil, ‘Gegê’ e ‘Paca’ embarcaram em um helicóptero, no dia 16, na Praia do Futuro, junto com os executores para um voo panorâmico.
> Camilo quer que o Ceará sedie Centro de Inteligência A fonte ligada às investigações confirma que a aeronave era alugada apenas para o passeio, que acabou sendo definitivo para os criminosos paulistas. O policial civil revelou que seis pessoas entraram no helicóptero no hangar próximo à praia. 
A mulher conta que todo mundo, com exceção de ‘Gegê’ e ‘Paca’, voltaram para São Paulo em um ônibus fretado, no mesmo dia em que eles foram executados. Andrea conta que recebeu uma foto de ‘Gegê’ em que aparecia o mar. Horas depois soube dos assassinatos. 
A versão confirma o que a mulher de ‘Gegê’, Andrea Soares Maciel, declarou em depoimento à Polícia. Ela afirmou que acredita que os executores eram pessoas próximas, pois nem ela sabia com precisão onde o marido estaria no momento. Andrea teria chegado em Fortaleza em setembro do ano passado. No fim do ano, chegaram Juliana, a mulher de ‘Paca’; a irmã, a mãe e os dois filhos de ‘Gegê’. As duas famílias ficaram na casa comprada pela facção, no Alphaville Fortaleza, no Porto das Dunas.  Na Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), Andrea Maciel chorou. Disse que a família levava uma vida tensa. Afirmou que a casa em que estavam era alugada. Porém, as histórias de pessoas que tiveram contato com ‘Gegê do Mangue’ sugerem que ele não estava aqui de passagem. 
De 2017, quando chegaram para se instalar no Ceará, até o momento, ‘Gegê’ e ‘Paca’ já haviam gastado, pelo menos, R$ 8,6 milhões, em quatro imóveis e cinco veículos luxuosos. 
Um morador do condomínio do Porto das Dunas afirma que ele se apresentava como João Paulo. “Ele e o amigo estavam sempre juntos. Esses carros de luxo também estavam sempre na frente da casa. Via esse rapaz aqui desde o começo do ano passado. Sumia uns dias, mas considero que era um morador, levando em conta a frequência com que o via aqui”, afirmou.  Outra pessoa que frequenta o condomínio revelou que ‘Gegê’ não era muito de conversar, mas era sempre educado com os vizinhos. “Era um cara boa praça”, resumiu. Há também um entregador que diz ter recebido R$ 30 reais de gorjeta das mãos do criminoso e lamentou sua morte. ‘Tiriça’  A ‘gerência’ de Rogério Jeremias estava incomodando o restante da cúpula do PCC, por conta dos gastos excessivos e, por possíveis desvios do dinheiro da facção. Embora ainda não se possa afirmar que a ordem para as mortes partiu do líder máximo, Marcos Willians Herbas Camacho, o ‘Marcola’, esta é uma das principais linhas de apuração. 
“Não vejo como um racha, por enquanto, mas precisamos ver os desdobramentos dessas ações e aonde isso tudo vai levar. Essa morte vai ter que ficar muito bem explicada. Que foi determinada pela cúpula do PCC, não tenho dúvida, mas eles vão ter que explicar, inclusive para outros integrantes importantes, como o Soriano e o Abel Pacheco de Andrade, porque houve esse assassinato”, disse Gakiya. 
O promotor de Justiça Lincoln Gakiya, do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), do Ministério Público de São Paulo (MPSP), diz que o fato ainda precisa ser explicado ao restante da cúpula, inclusive a Roberto Soriano, o ‘Tiriça’, que era muito próximo de ‘Gegê’ e ‘Paca’, e também faz parte da cúpula do PCC.  Segundo Gakiya, a mulher que aparece ao lado de Andrea e Juliana, no dia da liberação dos corpos, no prédio da Perícia Forense do Ceará (Pefoce), se chama Fabiana e é a mulher de ‘Tiriça’. “ A amiga que esteve no Ceará é a Fabiana, esposa desse outro líder. Soubemos que ela foi prestar apoio, quando soube das mortes. As mulheres dos mortos não estavam morando com eles, nós vínhamos monitorando-as”. Se a morte dos criminosos foi ordenada pela cúpula da facção, e, mesmo assim, Fabiana (esposa de um líder) estava aqui dando apoio às amigas viúvas, as coisas na ‘sintonia geral final’ do PCC podem já não ter mais a mesma harmonia de antes.  À Polícia, Andrea Maciel disse que o marido não tinha problema com ‘Marcola’ e que, poucas horas antes do assassinato, ainda estavam juntos. Ouvido 
O representante do MPSP afirmou que ainda não há nenhum pedido da Polícia cearense para ouvir ‘Marcola’. O fato foi confirmado pelo policial civil que conversou com a reportagem. “Quatro delegados estão trabalhando no caso. Todos aqui, ninguém foi para São Paulo. Nenhuma prisão foi pedida, nem mesmo dos ‘laranjas’ identificados”. 

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Aplicativo abaixo lê placa em movimento

Este aplicativo abaixo lê placa em movimento como também consulta digitando, igual aos radares, caso queiram instalar em seus celulares segue o link abaixo 

Polícia impede nova chacina na Grande Fortaleza

Líder de grupo criminoso foi morto durante o confronto com os agentes de segurança. Três pessoas foram presas. Todos são da mesma família

Um homem foi morto e três pessoas foram presas no Iguape, em Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza. O grupo se preparava, segundo a Polícia Militar, para cometer uma chacina na comunidade Taperas, no mesmo município. Durante a abordagem, houve troca de tiros entre o grupo e os agentes de segurança. 
De acordo com a Polícia Militar, uma viatura estava passando nas proximidades, realizando um trabalho de abordagem, quando recebeu a denúncia que um grupo se preparava para cometer uma chacina contra inimigos. Os policiais se aproximaram do local onde foram informados que os suspeitos estavam e foram alvo de tiros. Os agentes revidaram. 
Em meio ao tiroteio, Francisco Régis Alves da Silva (18), considerado líder do grupo e chefe de facção no Iguape, foi baleado. O suspeito ainda foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.  Foram presos: Larisse Silva de Oliveira, esposa do homem; Mateus Alves da Silva (20), irmão e a mãe de Régis, Marta Alves de Brito (36). Além das prisões, a Polícia apreendeu maconha, uma pistola 380 e uma espingarda calibre 12. 
O trio foi levado para a Delegacia Metropolitana de Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza. 
Outras chacinas
Em 2018, três chacinas foram registradas no Ceará. A primeira, em 8 de janeiro, deixou quatro jovens mortos em Maranguape. Um grupo suspeito foi preso, dias depois.
A terceira aconteceu em Itapajé, quando dez presos foram assassinados na Cadeia Pública. O crime aconteceu dias após o "Massacre das Cajazeiras". As investigações apontam que uma adolescente foi responsável por entregar as armas utilizadas no crimeA Comissão Interamericana de Direitos Humanos pediu que as autoridades cearenses e brasileiras investigassem e esclarecessem as circunstâncias em que os fatos aconteceram, para identificar e punir os responsáveis.

Bandidos armados atacam Itatira e furtam Correios da cidade

Criminosos utilizaram populares como reféns

Fotos: Divulgação do whatsapp
Vários homens fortemente armados invadiram a cidade de Itatira e fizeram populares de reféns para furtar o dinheiro da Agência dos Correios. A ação dos criminosos aconteceu na noite deste sábado (17) no centro da cidade, próximo à unidade policial. Segundo informações da população, no momento do ataque não havia policias no estabelecimento de segurança.

Um morador gravou um vídeo, onde homens armados aparecem efetuando disparos e provocando pânico e terror na cidade.
 

De acordo com as informações que foram divulgadas por populares de Itatira em grupos de whatsapp, as pessoas que estavam próximas no momento do ataque foram feitas de reféns e obrigadas a juntar o dinheiro para o bando, após o grupo explodir o estabelecimento dos correios.
Os bandidos usavam armas de grosso calibre, como fuzis e metralhadoras, informou um popular.

Um veículo utilizado pelos criminosos foi queimado na estrada no momento da fuga, dificultando a perseguição dos Policiais Militares acionados para atender à ocorrência.

Policiais dos municípios vizinhos e da Capital fizeram diligências na região, inclusive o helicóptero do Ciopaer também foi enviado ao município para ajudar na caçada aos bandidos.
 
Até o fechamento da matéria, oficialmente a Polícia ainda não havia divulgado dados da operação da perseguição ao bando.

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Câmera de segurança grava execução na rua Solon Pinheiro

Imagens de câmeras de segurança filmaram o momento exato em que um homem é executado na rua Solon Pinheiro, no bairro José Bonifácio, em Fortaleza. O crime aconteceu na tarde da última quarta-feira (7). A vítima foi identificada como Francisco Tales Alves de Sousa, 25 anos.
A vítima estava conversando com outros homens em uma calçada quando um criminoso chegou armado e efetuou vários disparos.
Segundo a Polícia Militar, Francisco na Justiça por crime de tráfico de drogas. O autor do crime não foi capturado. 

Jovem morre após ir a encontro em Sobral

Um jovem de 19 anos morto a tiros após receber uma ligação telefônica e ter ido ao encontro de um amigo na cidade de Sobral, na Região Norte Ceará. A ação criminosa foi filmada. 
Segundo o delegado Paulo Castro, do Núcleo de Homicídios da Polícia Civil de Sobral, uma 'cilada' foi armada para o jovem. O delegado revelou que a polícia investiga se os tiros que atingiram a vítima foram disparados pelo próprio amigo que telefonou ou por outro envolvido.
Felipe dos Santos trabalhava como jovem aprendiz em uma empresa de calçados em Sobral. O jovem chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu.
Minutos após ser baleado, Felipe ligou para uma tia e revelou ter sido vitima de uma arapuca. Ele não tinha passagem pela polícia.

Petrobras abre inscrições para concurso com 666 vagas; há oportunidades em oito estados

PetrobrasPetrobras abriu oficialmente, nesta quinta-feira (8), as inscrições para o concurso público que visa o preenchimento de 666 vagas de nível médio e superior na estatal, distribuídas em oito estados brasileiros. Do total de oportunidades, 111 são para preenchimento imediado e 555 visam a formação de cadastro de reserva. As inscrições vão até o dia 5 de março e podem ser feitas no site da Fundação Cesgranrio, organizadora do processo seletivo.  As taxas custam R$ 47,00 (ensino médio) e R$ 67,00 (formação superior).
De acordo com o edital do concurso, há vagas para os estados do Amazonas, Bahia, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo e Sergipe, mas as provas serão realizadas em diversas cidades brasileiras, incluindo Fortaleza. Os salários variam de acordo com a função desempenhada, mas podem variar de R$ 4.513,13 a R$ 10.726,45.
Conforme o edital, as provas objetivas para todos os cargos serão aplicadas no dia 8 de abril, com a divulgação do resultado final do concurso marcada para o dia 28 de junho. A seleção será válida por um ano, podendo ser prorrogada pelo mesmo período.
Para nível superior, as vagas ofertadas são, principalmente, para a área de engenharia, mas também há oportunidades no setor de enfermagem e geologia. A lista completa de vagas consta no edital do certame. Clique para ver.

SSPDS deflagra seis operações policiais no Interior do Ceará

Image-0-Artigo-2361316-1Às vésperas do Carnaval 2018, as polícias Civil e Militar intensificam a realização de operações nos municípios do Interior do Ceará que concentrarão festas e receberão um maior número de cearenses e turistas. Nos últimos dois dias, em seis cidades foram cumpridas dezenas de mandados de busca e apreensão e realizados flagrantes de suspeitos portando drogas e armas.
Image-1-Artigo-2361316-1Até a noite de ontem, 27 prisões e 13 apreensões de armas de fogo já haviam sido contabilizadas pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). O número tende a aumentar quando fechado o balanço. A maior das seis operações aconteceu no Município de Coreaú, a 250Km de Fortaleza.
Ao todo, 15 suspeitos de integrarem uma organização criminosa, cujo nome não foi revelado, foram presos. A ofensiva coordenada pela Delegacia Municipal de Coreaú, a partir de investigações iniciadas em outubro de 2017, teve como objetivo combater homicídios, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, desarticulando a principal quadrilha que atuava na cidade.
Dos 15 presos, sete tinham passagens pela Polícia, são eles: Angélica Venâncio Costa Silva, 24; Eduardo Pereira, 27; Francisco Iago Linhares, 22; Francisco Klaelton Neves de Oliveira, 20; Ronaldo Sousa Ximenes, 25; Wineston Ferreira Marcelino, 24; e Jean Glauber Neves Ribeiro, 27.
A ficha criminal de Ximenes, Marcelino e Ribeiro são as mais extensas. O trio responde por uma série de roubos, em comum. A Polícia Civil aponta Jean Glauber como líder do bando e responsável por chefiar o tráfico de drogas em Coreaú há, pelo menos, seis meses.
Outros oito suspeitos, sem antecedentes, incluindo duas mulheres, foram detidos. Segundo a Pasta, o restante dos membros desta quadrilha foram identificados como Iury Gracie Neves Ribeiro, 21; Francisco de Assis Souza, 26; João Kléber Costa Lima, 19; João Paulo Oliveira de Moura, 26; José Jeilson Justino da Costa, 25; José Jhones Moreira de Oliveira, 19; Pedro Henrique Souza Rodrigues, 18; e Benedita Romualdo da Silva, 32.
Para o secretário André Costa, o êxito da operação em Coreaú pode ser visto pelo número de capturas. De acordo com o titular da SSPDS, eram 15 mandados, e todos foram cumpridos. As diligências na Cidade também resultaram na apreensão de três armas de fogo, um facão, diversos aparelhos celulares, drogas, munições e uma quantia em dinheiro de valor não revelado.
O diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI) Norte, delegado Marco Aurélio França, acrescenta que as prisões só foram possíveis devido a uma investigação criteriosa e detalhista. "Eles não atuavam só em Coreaú. Também agiam em Tianguá. Tinham uma certa influência em Sobral. Essas mulheres capturadas estão diretamente envolvidas no tráfico de entorpecentes", disse França.
Ofensiva
Durante o dia de ontem, outras cinco operações aconteceram no Interior. Em Quixeramobim, 121 profissionais das polícias Civil e Militar, Perícia Forense do Ceará (Pefoce) e da SSPDS participaram da ofensiva com apoio de 41 viaturas. Nesta cidade, foram cinco presos.
A Secretaria identificou os capturados em flagrante, na posse de armas de fogo e drogas como Leonardo Jucá Ribeiro, Renato Alves de Mendonça, Leomar Lopes Marinho, Henrique Cândido de Sousa e Raimundo Rodrigues de Paulo Filho. Apesar de ter antecedente criminal por tentativa de homicídio e ter sido flagrado com uma arma de fogo, Leonardo Jucá pagou fiança no valor de R$ 3 mil e foi liberado em seguida.
Patrulhas do Comando Tático Rural (Cotar) do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) apreenderam quatro revólveres calibre 38, um revólver calibre 32 e uma pistola calibre 380, além de 86 munições de calibres variados, uma balança de precisão, 11 porções de cocaína e 17 gramas de maconha.
Em coletiva de imprensa realizada na sede da SSPDS, o delegado de Senador Pompeu, William Lopes, que participou da ocorrência, revelou que um dos presos tentou fugir e chegou a atirar contra os policiais.
Outras ações
As outras operações que tiveram seus resultados divulgados pela SSPDS foram as de Juazeiro do Norte e Tejuçuoca. No município da Região Metropolitana do Cariri, três homens foram presos. Nas ações realizadas em diversos bairros da localidade em cumprimento de mandados, a Polícia localizou Antônio Cláudio Jacó da Silva, 27, foragido da Cadeia Pública de Barbalha, desde o ano passado.
O secretário André Costa lembrou que Jacó tentou fugir e foi interceptado com o auxílio de uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer).
Ainda em Juazeiro do Norte, também foram capturados Cícero Ferreira Vieira, 39, com antecedente por tráfico de drogas e Wilson Zacarias de Aquino, 37, com passagem por homicídio. Conforme a Pasta, no momento das capturas, foram apreendidas duas armas, sendo uma pistola e um revólver, com quatro munições intactas.
A operação, nomeada como 'Juazeiro Pacífico', aconteceu com participação de policiais lotados nas Delegacias Regionais de Crato, Brejo Santo e Icó. Segundo a Polícia, as investigações na região continuam, visando a localização dos outros infratores, que permanecem com mandado de prisão em aberto.
Tejuçuoca também contou com uma operação. Em uma casa, foi preso José Eduardo Quirino Vieira, de 19 anos. O jovem é suspeito de chefiar o tráfico de drogas na Cidade. A Polícia Civil informou que outros cinco mandados de busca e apreensão foram cumpridos no Município.
Na noite de ontem, foram deflagradas outras ações da SSPDS em Pindoretama e Pacoti. Até o fechamento desta edição, havia informação de mais três homens presos e três armas apreendidas. O resultado acerca das diligências nas duas cidades deve ser divulgado hoje pela SSPDS.
Avanço das facções
As operações e prisões no Interior do Ceará demonstram que, além da Capital, as organizações criminosas se disseminam, inclusive, nos municípios mais distantes. O delegado geral da Polícia Civil do Estado, Everardo Lima, lembra que há um trabalho investigativo focado para tentar conter esses grupos.
"Focamos em pontos que vemos aumento da criminalidade do tipo violenta. Fazemos estudos através da nossa Inteligência para determinar em quais pontos os esforços devem ser concentrados. Agora, nesse período momino que se aproxima, é preciso um trabalho prévio para dar uma segurada na criminalidade e nos grupos que, porventura, queiram ir para as festas do Interior para se digladiarem", explicou o delegado geral.
De acordo com André Costa, cada investigação vem acontecendo de forma localizada e, até o momento, não foi constatada nenhuma ligação entre os suspeitos presos nas diferentes cidades. O secretário ressalta que mesmo passado o Carnaval 2018, as operações das polícias do Ceará devem continuar.