sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Conselho Estadual de Segurança Pública do Ceará

O Conselho Estadual de Segurança Pública do Ceará (Consesp) enviou, nesta semana, um documento ao Governo do Estado do Ceará com 42 propostas para o combate à violência na região. As sugestões são divididas em inovações tecnológicas e Polícia judiciária. A lista de sugestões voltadas para a Polícia judiciária contempla a criação de delegacias avançadas focadas nos crimes de homicídios na Região Metropolitana, igualar o efetivo das delegacias, criar mini-complexos de Especializadas no Interior do Ceará e lançar uma central de flagrante. Nas propostas, o Consesp ainda indica ao Governo do Ceará um aplicativo para registro das cenas de crimes. A ideia é que o aplicativo seja utilizado pela população em geral para registrar, em tempo geral, ocorrências e poder acionar imediatamente as autoridades, indicando com precisão a localidade do crime. Seguindo na parte de inovações tecnológicas, o advogado Leandro Vasques, presidente do Consesp, ressalta a importância da aquisição de aparelhos de raio-x portátil para viaturas e blitze, software para registro de metas e de resultados, instalação de painéis balísticos em viaturas e software de aperfeiçoamento de pessoal. De acordo com o presidente do Conselho, no próximo dia 20, ele estará reunido com o Ministro da Justiça, Torquato Jardim. Na audiência, também deve se fazer presente o presidente do Conselho Penitenciário do Estado do Ceará (Copen), advogado Cláudio Justa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário