quinta-feira, 15 de março de 2018

Mulher grávida arquiteta e executa assalto a joalheria

Uma mulher identificada como Maiara Sabrina Pereira Correira, de 25 anos, foi presa na tarde desta quarta-feira (14), na residência dela localizada no bairro Maraponga, em Fortaleza. A prisão foi realizada por policiais da Delegacia de Roubos e Furtos e pela equipe do 34º Distrito Policial.
Ela é apontada pelo furto qualificado ocorrido em uma joalheria no último domingo (11). A polícia investigou e prendeu a mulher que para surpresa dos policiais, está grávida de seis meses.
Segundo a polícia ela primeiramente foi a loja de joias e se passando por cliente, chegou até mesmo a comprar uma joia. Dias depois foi a uma loja que estava para alugar que fica ao lado da joalheria e disse que estava interessada no local. Ela viu que dava para furar a parede e ter acesso a joalheria e assim ela fez. Com uma chave micha, ela abriu os cadeados e por dois domingos furou a parede. No último domingo ela conseguiu executar o plano por completo e levou joias e 150 relógios.
Para justificar o barulho ela dizia que tinha alugado a sala e estava reformando. Ela teve a ajuda de um homem identificado como Maguinho.
Na casa dela os policiais encontraram 1010 alianças e 10 kg de joias. O proprietário da joalheria afirma que o prejuízo chega a R$ 500 mil reais. Ainda foram encontrados meio quilo de cocaína e 150 gramas de maconha, além de ferramentas usadas para furar a parede. Esses entorpecentes teriam sido trocados pelos relógios furtados.
Identidades falsas
A Polícia encontrou com a assaltante grávida, três identidades, uma em nome de Maiara Sabrina e duas em nome de Evânia e Emanuely. Inclusive com o nome de Emanuely, supostamente falso, ela chegou a ficar presa em 2016, de 6 a 8 meses por furto qualificado e formação de quadrilha. Ela disse que o furto foi encomendado pelo companheiro que está preso em uma unidade prisional não informada. A identificação dele também não foi repassada, segundo o delegado Ricardo Romagnoli.
Fonte: Cnews

Nenhum comentário:

Postar um comentário