sábado, 6 de novembro de 2021

Marília Mendonça morre em acidente de avião em Minas Gerais

 Aeronave em que a artista estava caiu na tarde desta sexta (5)


Legenda: Marília Mendonça faria um show na cidade de Caratinga e chegou a publicar registro antes
 de entrar no avião Foto: Thiago Gadelha

A cantora sertaneja Marília Mendonça morreu, aos 26 anos, após
sofrer acidente aéreo na tarde desta sexta-feira (5). A aeronave em que
a artista estava caiu em uma área próxima à serra da cidade de Piedade
de Caratinga, no interior de Minas Gerais, com cinco pessoas a bordo.
 Todos os que estavam embarcados morreram.

Inicialmente, a assessoria da sertaneja informou que Marília Mendonça estava bem e que havia duas pessoas na aeronave. O número e a informação, contudo, foram atualizados posteriormente, e as mortes foram confirmadas pelas autoridades mineiras.

mapa indica onde aconteceu o acidente
Foto: Departamento de Arte SVM

Legenda: Aeronave de pequeno porte caiu em uma cachoeira na serra de Caratinga, em Minas Gerais
Foto: reprodução/Redes Sociais

A Polícia Civil mineira confirmou, no Twitter, óbito da cantora — também divulgado pelo Corpo de Bombeiros do estado — e de outras duas pessoas, das cinco identificadas no avião. Os corpos serão levados ao Instituto Médico Legal (IML) de Caratinga.

Até o momento, as causas do acidente são desconhecidas. O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da Aeronáutica, investigará a queda do veículo aéreo, que havia decolado de Goiânia mais cedo.

Link do jornal: https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/entretenimento/e-hit/marilia-mendonca-morre-em-acidente-de-aviao-em-minas-gerais-1.3156368

domingo, 31 de outubro de 2021

Ao menos 25 suspeitos morrem em ação da PRF e PM no Sul de Minas

 Bando do chamado novo cangaço estava em duas chácaras de Varginha. Segundo a PRF houve confronto e 25 bandidos foram mortos. Nenhum policial ficou ferido.

Arsenal apreendido com os criminosos.(foto: Varginha 24 horas)
Pelo menos 25 suspeitos morreram em uma ação conjunta das Polícias Rodoviária Federal (PRF) e Militar (PM), realizada na madrugada deste domingo (31/10), em Varginha, no Sul de Minas. O bando, segundo a PRF, faz parte do chamado 'novo cangaço', e planejava ataques a agências bancárias da região. Os bandidos estavam fortemente armados e teriam atacado os policiais.
Segundo a capitão Layla Brunela, porta-voz da PMMG, trata-se da maior operação contra o Novo Cangaço no país. "Provavelmente foi a maior operação do Novo Cangaço aqui no país. Muitos infratores fariam a tentativa de um roubo, provavelmente amanhã (segunda-feira, 1º/11) ou hoje (domingo, 31/10), e foram surpreendidos pelo nosso serviço de inteligência. isso resultou na apreensão de um forte armamento, além de explosivos e coletes balísticos (à prova de balas) que eram utilizado por esses infratores."
A ação ocorreu em duas chácaras. Segundo a PRF, no primeiro confronto, 18 criminosos foram mortos. Nesta ação, 10 fuzis foram recuperados, além de outras armas, munições, granadas e coletes a prova de balas.

Outra parte da quadrilha estava numa segunda chácara. Em novo confronto, mais sete criminosos foram mortos e mais armas recuperadas e grande quantidade de explosivos. Também foram encontrados 10 veículos roubados.

Fonte: Jornal Estado de Minas Gerais

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2021

POLÍCIA CUMPRE MANDADO DE PRISÃO E HOMEM É PRESO DURANTE ABORDAGEM NO CENTRO DE IBIAPINA

 Um homem foi preso durante uma abordagem da Polícia Militar na tarde deste domingo (14), no município de Ibiapina. Os PMs realizavam patrulhamento pelo centro da cidade quando um veículo com cinco ocupantes foi parado para averiguação.

Entre os ocupantes do veículo foi constatado que contra um deles havia um Mandado de Prisão em aberto expedido pela Comarca de Ubajara. O suspeito identificado como Claudiomar Gomes, 44 anos, tinha antecedente por tráfico de drogas. Ele foi conduzido à delegacia plantonista em Tianguá onde ficará a disposição da justiça.

GOVERNO ALTERA DECRETOS PARA AMPLIAR ACESSO A ARMAS E MUNIÇÕES

 O presidente Jair Bolsonaro alterou quatro decretos federais com o objetivo de desburocratizar e ampliar o acesso a armas de fogo e munições no país. As medidas foram publicadas em edição extra do Diário Oficial da União na noite de sexta-feira (12). Todas elas regulamentam o Estatuto do Desarmamento (Lei 10.823/2003).

Uma das mudanças, no Decreto 9.845/2019, permite que profissionais com direito a porte de armas, como Forças Armadas, polícias e membros da magistratura e do Ministério Público, possam adquirir até seis armas de uso restrito. Antes, esse limite era de quatro armas.

O Decreto 9.846/2019 foi atualizado para permitir que atiradores possam adquirir até 60 armas e caçadores, até 30, sendo exigida autorização do Exército somente quando essas quantidades forem superadas. A medida também eleva a quantidade de munições que podem ser adquiridas por essas categorias, que passam a ser 2.000 para armas de uso restrito e 5.000 para armas de uso permitido.

“A justificativa para este aumento é que os calibres restritos ainda são muito utilizados pelos atiradores e caçadores, nas competições com armas longas raiadas, assim como nas atividades de caça. Um competidor facilmente realiza 500 tiros por mês, somente em treinamentos, de modo que as 1.000 unidades de munição e insumos para recarga atualmente previstas não são suficientes nem para participar do Campeonato Brasileiro, que são 10 etapas ao longo do ano”, disse o Palácio do Planalto, em nota para divulgar as mudanças.

O decreto garante aos chamados CACs, que são caçadores, atiradores e colecionadores, o direito de transportar as armas utilizadas, por exemplo, em treinamentos, exposições e competições, por qualquer itinerário entre o local da guarda e o local da realização destes eventos.

O presidente também modificou o Decreto 9.847/2019, que regulamenta o porte de arma de fogo, para permitir, por exemplo, que profissionais com armas registradas no Exército possam usá-las na aplicação dos testes necessários à emissão de laudos de capacidade técnica. A medida também estabelece, entre outras mudanças, novos parâmetros para a análise do pedido de concessão de porte de armas, “cabendo à autoridade pública levar em consideração as circunstâncias fáticas do caso, as atividades exercidas e os critérios pessoais descritos pelo requerente, sobretudo aqueles que demonstrem risco à sua vida ou integridade física, e justificar eventual indeferimento”.
Fonte: GCMAIS

Veículo do deputado José Guimarães se envolve em acidente em Ocara

 Um acidente envolvendo o carro do deputado José Guimarães (PT) foi registrado na tarde de sábado (13) no município de Ocara.

Segundo informações, por volta das 17:30h, policiais da PRE foram acionados para atender uma colisão entre dois carros na BR 122. Os militares foram até o local e constataram que o acidente envolveu um fiat e uma hilux.

O motorista da Hilux informou aos policiais que o condutor do fiat realizou uma manobra de retorno e com isso não foi possível evitar a colisão. Ele foi identificado como sendo Francisco Alex Alves, secretário parlamentar. No veículo estava o deputado José Guimarães que foi socorrido até o hospital de Ocara. Ele estava com lesões na cabeça, contudo, após atendimento médico, foi liberado. O motorista do fiat, identificado como Antônio Carlos da Silva, também foi socorrido para o hospital do município.

Os policiais da Polícia Rodoviária Estadual estiveram no local do acidente e fizeram todos os procedimentos.

HOMEM É LESIONADO A GOLPES DE FACÃO EM TIANGUÁ

 Um homem de 25 anos foi gravemente lesionado a golpes de facão durante uma discussão ocorrida na noite do domingo (14), no bairro Subestação em Tianguá. O crime ocorreu por volta das 20h30, após uma briga ocorrida em um bar. A vítima identificada como Marcelo Oliveira do Nascimento, sofreu aproximadamente dez perfurações na região da cabeça, sendo socorrido ao hospital pela equipe do Resgate. 

A Polícia já tem informações do autor das lesões e realiza diligências na região em busca de capturar o indivíduo que fugiu logo após praticar o crime.

Fonte: Ibiapaba 24 horas

Dois irmãos sofrem grave acidente e um acaba vindo a óbito na madrugada deste sábado em Quixadá

 Um grave acidente com vítima fatal foi registrado na madrugada de sábado (13) na estrada que dar acesso ao distrito de Custódio, zona rural do município.


De acordo com informações do repórter policial Washignton Luiz “O Caveirão”, o acidente ocorreu por volta de 3h da manhã, quando dois irmãos identificados apenas pelos nomes de Novinho e Lôbo, trafegando em uma motocicleta, acabaram perdendo o controle e caindo em uma ribanceira. O condutor da motocicleta, acabou quebrando o pescoço e teve morte imediata, já o garupeiro foi socorrido até a Unidade de Pronto Atendimento – UPA.

Os irmãos, naturais de Juazeiro do Norte, trabalhavam na empresa Borges Construções e a suspeita é de que estivessem sob efeito de bebida alcoólica. Uma equipe da Perícia Forense recolheu o corpo da vítima e encaminhou ao IML para realização dos devidos procedimentos.