sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Operação prende 5 por esquema de contratação de funcionários fantasmas em Sobral

Redação Web 

Duas pessoas envolvidas no esquema continuam foragidas

A operação Carcará prendeu cinco pessoas por envolvimento num esquema de contratação de funcionários fantasmas para a Prefeitura de Sobral, fornecidos por meio da Cooperativa de Trabalhadores do Estado do Ceará (Cootrace) e Cooperativa de Prestadores de Serviços (Coopreserv). Mais duas pessoas acusadas de participação ainda continuam foragidas. 

A ação do Ministério Público do Estado do Ceará (MP-CE), em parceria com a Polícia Civil e o Ministério Público do Trabalho (MPT), cumpre desde a última quarta-feira (28) 16 mandados contra pessoas acusadas de fraude em licitações, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, corrupção e falsidade ideológica.
Ao todo, são 7 mandados de prisão temporária e 9 de busca e apreensão. A investigação constatou que as cooperativas, responsáveis por fornecer mão-de-obra para a Prefeitura de Sobral desde 2006, contratavam funcionários fantasmas em um esquema de desvio de dinheiro.
Além da presença de cooperados fantasmas, foi constatado o não pagamento dos direitos trabalhistas deles. A investigação ainda concluiu que a mão-de-obra fornecida era de forma indiscriminada, sendo utilizada em quase todos os setores da Prefeitura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário