segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Policia recupera 23 mil após roubo em distribuidora

A ação ainda terminou na prisão de um dos chefes de uma quadrilha envolvida em roubos e tráfico de drogas.

Uma hora após um assalto em uma distribuidora de refrigerantes, na cidade de Crateús, a 355 KM de Fortaleza, a policia conseguiu recuperar cerca de R$ 23 mil reais roubados da empresa. A ação policial, que também resultou nas apreensões de duas armas de fogo, se deu em um trabalho desenvolvido em conjunto pelas Polícias Civil e Militar do Estado do Ceará, nessa quinta-feira (28). A ofensiva ainda culminou na prisão de um dos chefes de uma quadrilha envolvida em roubos e tráfico drogas.
O assalto na distribuidora ocorreu por volta de 16 horas e, às 17h30, um dos suspeitos foi preso em flagrante. Identificado como Amauri de Paula Brandão, 28, que responde por furto de animais, é considerado pela Polícia como um assaltante perigoso, violento, frio e calculista. De acordo com levantamentos, o criminoso costuma agir com crueldade. No roubo à distribuidora, o alvo, o motorista do caminhão da empresa, foi agredido com coronhadas dadas por Amauri. Ele e seu comparsa chegaram ao estabelecimento em uma motocicleta e tomaram o montante que estava com o trabalhador. Em outro roubo, o capturado atirou no pé da vítima.
O suspeito foi surpreendido pelos agentes de segurança em sua casa, situada na Rua Rua 13 de Maio, bairro de Fátima. No local, os policiais apreenderam, além do dinheiro, que é a maior parte do valor subtraído, um revólver calibre 38 com numeração raspada, uma pistola cal. 380, munições, uma trouxinha de cocaína, três celulares - entre eles o aparelho da vítima -, e dois capacetes utilizados no crime, além de coturnos (botas) e roupas camufladas. O preso foi encaminhado à delegacia da cidade e autuado em flagrante por roubo qualificado por uso de arma e concurso de pessoas, posse ilegal de arma de fogo e porte ilegal de uso restrito, devido a numeração do revólver ter sido raspada. Ele foi reconhecido por três vítimas. Já o outro infrator conseguiu fugir da residência no momento da abordagem policial.
As investigações sobre o bando que Amauri integra foram iniciadas há dois meses, pela Delegacia Regional de Crateús. De acordo com o delegado responsável, Juliano Marcula, a quadrilha é suspeita de envolvimento em outros roubos cometidos na cidade. Um dos delitos ocorreu em uma lotérica e outro em um mercado. Ainda segundo as apurações, o dinheiro ilícito era usado pelo grupo para financiar o tráfico de drogas bem como a “boa vida” dos infratores. Também existem suspeitas de que eles estejam envolvidos em assaltos a banco. As investigações sobre o caso continuam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário