sexta-feira, 16 de setembro de 2016

PRF INTERCEPTA EM ÁGUA CLARA/MS CARREGAMENTO DE COCAÍNA, ARMAS DE FOGO E MUNIÇÕES CALIBRE 50 QUE SERIAM ENTREGUES EM TRÊS LAGOAS/MS

No dia 14/09/2016, durante fiscalização em frente à Unidade Operacional da PRF de Água Clara/MS, na BR 262, km 140, por volta das 11:50 horas, policiais rodoviários federais abordaram o veículo I/M. Benz ML 350, placas MLD-0505, de Paranavaí/PR, conduzido por Luiz Macena dos Santos, de 48 anos, comerciante.
Durante a entrevista, o condutor apresentou nervosismo e informou origem, destino e motivo da viagem incomuns. Em razão da fundada suspeita verificada, foi realizada uma busca minuciosa no utilitário, sendo localizados em compartimentos ocultos preparados para o transporte de produtos ilícitos, inúmeros tabletes de substância com características de cocaína que, após pesagem, totalizaram 75 kg. Também foram localizadas 10 Pistolas Glock calibre 9 mm com 20 carregadores e 260 munições calibre . 50.
As munições calibre . 50 são utilizadas em armas criadas pelos norte-americanos para neutralizar ataques aéreos e destruir carros blindados em guerras no Afeganistão e no Iraque. A capacidade de destruição de um fuzil ponto 50 é muito alta. Ele consegue atravessar placa de aço blindado e parede de concreto.
Sobre o entorpecente, as armas de fogo e as munições de uso restrito, o motorista informou que pegou o automóvel preparado em Campo Grande/MS, que iria entregar na cidade de Três Lagoas/MS e que receberia pelo transporte R$3.000,00.
Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao condutor que foi apresentado na Delegacia de Polícia Federal de Três Lagoas/MS ileso e com o uso de algemas juntamente com o veículo, a droga, as armas de fogo calibre 9 mm e as munições de calibre . 50. Ele responderá por tráfico de drogas e porte ilegal de armas de fogo e munições de uso restrito. A carga ilícita tem o valor estimado em R$1.181.000,00 (1 milhão, cento e oitenta e um mil reais).
Equipe: César Borges (NPF SUB), T. Carriço (NPF), González (DEL), Tanaka, Tatiane, Mazini e Joás Miranda (UOP 02).

Nenhum comentário:

Postar um comentário